Fuso horário – Mapa e conceito em geografia

Os fusos horários foram criados como uma forma de padronizar o horário mundial. Saiba seu conceito em geografia e veja mapas do Brasil e do mundo


Antes de saber o que são os fusos horários, é importante entender o que são as coordenadas geográficas. Elas são definidas como linhas imaginárias que cortam o planeta Terra nos sentidos horizontal e vertical (paralelos e meridianos), que foram traçadas por todo o planeta a fim de orientar a localização em qualquer ponto do globo terrestre, através da latitude e longitude.

Para localizar uma pessoa ou qualquer que seja o objeto em um ponto específico do planeta, basta cruzar o paralelo com o meridiano em que o cujo se encontra e teremos a localização exata. É dessa forma que os GPS de navios e aviões funcionam, permitindo que sejam localizados sem nenhum problema.

Fusos horários

Por conta do movimento de rotação da terra, aquele responsável pela transição dos dias e noites, vários pontos do planeta apresentam horários diferentes.

A hora é determinada a partir do princípio de que a terra possui uma forma esférica, medindo 360° e que uma rotação completa dura 24 horas, ou um dia. É justamente esse tempo que é necessário para todas as linhas imaginárias verticais (meridianos) sejam, em um determinado momento, atingidas pela luz do sol.

Se tomar como base os 360° da terra e dividi-lo pelas 24 horas de uma rotação completa, o número que se obtém é 15°. Com isso, conclui-se que cada 15 graus equivale a uma hora. E cada uma dessas 24 áreas de 15°, recebem o nome de fuso horário.

O meridiano de Greenwich, que passa por Londres, é considerado o meridiano zero – fruto do eurocentrismo do século 19. Portanto, a hora desse meridiano tornou-se a universal, onde todos os outros fusos horários foram calculados baseando-se nele.

É importante salientar que nem sempre os fusos se limitam às faixas de 15°. Alguns países podem adotar o seu fuso horário de acordo com as próprias normas políticas, podendo aumentar ou diminuir essa área de abrangência (o que pode ser visto com clareza na primeira imagem logo mais abaixo).

Mapas dos fusos horários do Brasil e do mundo

Mapa mundi

Fusos horários do Brasil

Brasil

No Brasil, a ampla dimensão territorial, no sentido leste-oeste, possibilita que ele seja cortado por alguns fusos, mais precisamente quatro. Mesmo com os meridianos apontando os locais exatos da passagem desses fusos, o poder público é o grande responsável por definir a hora legal do país. Ao longo dos anos, o país passou por algumas alterações nas marcações dos fusos.

No ano de 2008, uma resolução tomou como base que o horário do país sofreria influência de apenas três fusos. O projeto de lei foi sancionado pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, extinguindo o fuso de -5GMT. Com isso, a região abrangida pelo fuso extinto foi incorporada ao fuso de -4GMT. Além disso, todo o estado do Pará passou a integrar um único fuso: o de -3GMT.

A determinação durou até o ano de 2010, quando um referendo foi realizado com a população do Acre e de parte do Amazonas. Na ocasião, decidiu-se pelo restabelecimento do horário antigo. Porém, o Pará não foi afetado com a mudança, permanecendo com horário regido pelo fuso -3GMT. Por causa dessa diferença, o estado do Acre encontra-se a duas horas atrasado em relação a Brasília.

Curiosidade

Até o ano de 1913, o Brasil possuía apenas um único fuso horário. Por sanção da Lei 2.784, pelo presidente Hermes da Fonseca, o país passou a adotar o regimento do horário baseado nos quatro fusos, seguindo o Meridiano de Greenwich como referência.

*Colaborou o jornalista Robson Merieverton


Reportar erro