Geocentrismo

Desde os tempos mais antigos, o universo causa curiosidade e especulações nos seres humanos. Um dos temas mais debatidos ao longo da história foi…


Desde os tempos mais antigos, o universo causa curiosidade e especulações nos seres humanos. Um dos temas mais debatidos ao longo da história foi a organização do Sistema Solar, sobre o qual foram geradas diversas pesquisas, observações e teorias científicas e religiosas.

Geocentrismo

Foto: Reprodução

Como surgiu a teoria do Geocentrismo?

Na Grécia Antiga, por volta de 350 a.C., Aristóteles passou a idealizar a teoria de que a Terra estaria no centro do universo, e de que todas as outras esferas girariam ao redor dela. Muito tempo se passou e então no século II d.C, o astrônomo e matemático Claudio Ptolomeu, não apenas reforçou a teoria de Aristóteles, como elaborou a teoria Geocêntrica – teoria que defendia plenamente a ideia de que a Terra se encontrava no centro do universo.

Terra como centro do Universo

Ainda, segundo Ptolomeu, a Lua, Mercúrio, Vênus, Sol, Marte, Júpiter e Saturno giravam ao redor da Terra, nessa ordem. Ele também acreditava que cada planeta girava ao longo de um pequeno círculo, o qual chamou de epiciclo. Assim, cada planeta teria um epiciclo próprio, e o centro de cada epiciclo se moveria em um ciclo maior, o qual ficaria um pouco afastado da Terra.

Dessa forma, durante toda a Idade Média, acreditou-se e defendeu-se o Sistema Geocêntrico. Não apenas os estudiosos, mas também a Igreja Católica durante ao menos 1400 anos apoiou Ptolomeu.

A tradição árabe prega que Ptolomeu, uma das grandes celebridades de sua época, faleceu aos 78 anos de idade, deixando seus conhecimentos e teorias astronômicas em um tratado de treze volumes chamado Almagesto, o qual abordava o Geocentrismo e muitas outras teorias.

Contestação final

Quatorze séculos depois, apareceu um homem chamado Nicolau Copérnico, que passou a contestar o geocentrismo. Ele elaborou a teoria do Heliocentrismo, no qual defendia que a Terra, assim como os outros planetas, movia-se ao redor do Sol, e que ele era o real centro do Sistema Solar. A Igreja Católica não aceitou sua teoria, que posteriormente foi comprovada e aperfeiçoada por Kepler, Isaac Newton e Galileu Galilei. Hoje, a teoria do Heliocentrismo é amplamente aceita e defendida pela comunidade científica.


Reportar erro