Geopolítica

A geopolítica é uma prática utilizada pelo poder político para disciplinar um determinado território. Nela são analisadas a geografia, a história e as ciências…


A geopolítica é uma prática utilizada pelo poder político para disciplinar um determinado território. Nela são analisadas a geografia, a história e as ciências sociais junto com as teorias políticas, que vão desde o Estado até o internacional-mundial. Essa ciência está associada a assuntos que envolvem acordos internacionais, diplomáticos e qualquer conflito entre países, culturas ou disputas por territórios.

Origem do nome

O termo Geopolítica surgiu no século XX. O responsável por batizar com esse nome foi o cientista político sueco Rudolf Kjellén. Ele se baseou na obra “Politische Geographie” (em português, Geografia Política), de 1897, do geógrafo alemão Friedrich Ratzel.

Geopolítica

Foto: Reprodução

Evolução

Quando surgiu, lá no século XX, a Geopolítica era bem diferente da que vemos atualmente. Essa nova área do conhecimento teve seu início em 1904, a partir do artigo escrito por Halfors John Mackinder para a revista da Sociedade Geográfica Real, da Grã-Bretanha. O título “The Geographical Pivot of History” trazia em seu conteúdo, pela primeira vez, a geografia e a política utilizadas igualmente para analisar o globo e o comportamento dos habitantes de todo o mundo. Esse era o conceito “Heartland”.

Traduzindo, esse conceito quer dizer “Terra central” ou “Terra nuclear” (no sentido de núcleo). Isso significa que Mackinder enxergava o centro da Federação Russa como o núcleo político e geográfico do globo terrestre. Para ele, essa era a região que mais tinha importância, devido a biodiversidade e recursos naturais lá existentes. Em tese, a partir do controle desse território que uma nação desenvolveria infantaria e a marinha, além de controlar a ‘Ilha Mundo’ (Eurásia e África), assim batizada por Mackinder. Esse seria o controle de outros destinos do planeta.

Outra teoria que tieve grande relevância nessa época foi do almirante americano Alfred Thayer Mahan. O destaque ficou para as levantadas em seu livro “The Influence of Sea Power upon History 1660-1783”, de 1890. O autor garante na obra que o território que tivesse o controle das principais rotas marítimas do mundo, seria também dono do poder político.

Essas duas teorias influenciaram o comportamento dos países de destaque na briga pela política mundial durante todo o século XX. Os pensamentos de Mahan eram seguidos pelos Estados Unidos, que investiram e fortaleceram a marinha do país e estabeleceram bases navais em outros países estratégicos. Por outro lado, a Grã-Bretanha seguiu os passos de Mackinder e se uniu à Rússia (na época, União Soviética) nas duas guerras mundiais.

No Brasil, as decisões foram tomadas de acordo com os estudos geopolíticos. Como exemplos, a transferência da capital federal em área litorânea do Rio de Janeiro para Brasília. Essa principal mudança foi feita, pois a localização antiga tinha um acesso mais fácil em possíveis situações de conflito. Outras ações de destaque foi a presença da política Brasiléia no continente Antártico, delimitando o mar territorial e o projeto “Calha Norte, de ocupação miltitar da região norte do país.

Com o fim da Segunda Guerra Mundial, toda essa teoria de geopolítica Foi se acabando e seu estudo entrou em decadência na maioria das universidades americanas e européias. A geopolítica voltou com tudo somente na década de 80 do século passado. Essa volta foi influenciada pelas forças do bloco socialista de outros países. Hoje, a geopolítica age de outra maneira com uma postura muito crítica, analisando severamente e formando diferentes visões das relações humanas em todo o planeta.


Reportar erro