Guerra do Paraguai

Durante o século XIX, após a crise do sistema colonial, algumas nações americanas emancipadas lançaram-se para o desafio de estabelecer à soberania política e…


Durante o século XIX, após a crise do sistema colonial, algumas nações americanas emancipadas lançaram-se para o desafio de estabelecer à soberania política e econômica de seus territórios. A tarefa, no entanto, é bastante difícil diante da quantidade de tempo de dominação colonial que passaram.

De acordo com estudiosos, o processo de independência das nações latino americanas, no entanto, não teve como significado o fim da dependência e da subserviência política e econômica, pois ainda mantinham-se preses às instituições corruptas e à antiga economia agroexportadora. O Paraguai, no entanto, contrariou a tendência geral durante o século XIX, implementando um conjunto de medidas que buscavam modernizar o país.

A Guerra do Paraguai começou no ano de 1864, por meio da ambição de um ditador de nome Francisco Solano Lopes. O conflito teve início com um navio brasileiro que foi aprisionado pelos paraguaios no Rio Paraguai. Ele queria conquistar a província de Mato Grosso e aproveitou-se da fraqueza da defesa da região para conquistar, sem grandes dificuldades.

Como aconteceu?

Em dezembro do mesmo ano, o Paraguai invadiu o Mato Grosso e, no ano seguinte, suas tropas invadiram Corrientes na Argentina e, depois Rio Grande do Sul. Ainda em 1985, o Brasil, a Argentina e o Uruguai uniram-se para enfrentar o Paraguai com a ajuda da Inglaterra e, alguns meses depois dessa parceria, dia 11 de junho, aconteceu a Batalha de Riachuelo, uma das principais dessa Guerra.

No ano seguinte, em abril de 1866, o Paraguai foi invadido, mas somente três anos depois, liderados por Duque de Caxias, os soldados brasileiros chegam à cidade de Assunção.

A Inglaterra apoiou a tríplice aliança pois, antes da guerra, o Paraguai era uma potência econômica da América do Sul, um exemplo que, para eles, não devia ser seguido. Objetivaram enfraquecer e eliminar esse exemplo de independência e sucesso na América Latina. A guerra somente chegou ao fim no ano de 1870 quando Francisco Solano Lopes morreu em Cerro Cora.

Guerra do Paraguai

Foto: Reprodução

Consequências

A guerra causou a morte de aproximadamente 300 mil pessoas, entre elas civis e militares. Há uma estimativa de que aproximadamente 20% da população paraguaia morreu durante a guerra. Além disso, o Paraguai foi afetado com uma destruição imensa em sua indústria e sofreu grandes impactos na economia, que ficou totalmente comprometida.

Para o Brasil, o prejuízo se deu com os gastos de guerra que foram bastante altos, o que acabou prejudicando a economia brasileira. Para a Inglaterra, no entanto, foram somente consequências boas: com o apoio da tríplice aliança, acabou aumentando a sua influência na região.


Reportar erro