Hera – Deusa da mitologia grega

Hera é relatada na mitologia como uma mulher forte, obstinada e orgulhosa, porém bastante ciumenta e agressiva, condenando quaisquer relações extraconjugais, o que em…


Hera é relatada na mitologia como uma mulher forte, obstinada e orgulhosa, porém bastante ciumenta e agressiva, condenando quaisquer relações extraconjugais, o que em seu casamento com Zeus era bastante comum. Ela é representada em duas mitologias. Na mitologia grega é equivalente a Juno e aparece como a deusa do casamento, dos pastos e das vacas. Na mitologia romana Hera é representada como a deusa regente da fidelidade conjugal, esposa de Zeus, deus dos deuses – o curioso é que ambos são filhos de Cronos, o que os faz também irmãos.

Hera deusa

Foto: Reprodução

Com Zeus, Hera teve todos os seus cinco filhos: Ares, Éris, Ilíta, Hebe e Hefesto. E apesar de ser extremamente bonita era constantemente humilhada por ele devido às traições que sofria com frequência, passando a vida a perseguir suas amantes e os filhos que tinha nessas relações – a exemplo de Herácles, filho de Zeus e Alcmena, a quem Hera tentou matar diversas vezes. O único filho de Zeus que escapou do ódio e perseguição de Hera foi Hermes, fruto de uma relação com Maia, simplesmente porque Hera ficou fascinada por sua beleza e inteligência. Contudo, além das traições, Zeus encontrou outra maneira de humilhar ainda mais sua esposa quando gerou por conta própria sua filha Atena, provando que não precisava de Hera se quer para gerar um filho.

Hera e Calisto: As constelações

Ursa Maior

Foto: Reprodução

O ciúme de Hera pode ser relatado em diversos episódios, entre eles a ocasião em que transformou a deusa Calisto em uma ursa. Calisto era de uma beleza estonteante e Zeus acabou atraído por ela, quando soube de seu caso Hera a transformou em ursa e Calisto isolou-se de tudo e de todos com medo até da própria floresta devido aos caçadores. Certo dia Calisto reconheceu seu filho Arcas e correu em sua direção para abraça-lo, mas ele, sem saber que se tratava de sua mãe, preparou uma lança para atingi-la. Para evitar que o pior acontecesse Hera transformou ambos em constelações por meio de um feitiço, Ursa maior e Ursa menor, e os enviou ao céu. Como se isso não bastasse Hera pediu a Tétis e Oceano, divindades do mar, que jamais deixassem que as constelações descansassem em suas águas, por isso as constelações ficavam em círculos e não desciam para as suas águas como todas as outras estrelas.

Hera e Io: A vaca

Io, a Vaca

Foto: Reprodução

Outro famoso episódio que ilustra o ciúme de Hera é o que Zeus transforma Io, uma de suas amantes, em uma vaca, temendo ser pego pela esposa que estava chegando ao local. Hera, desconfiada da vaca, a pediu de presente e Zeus, como não podia lhe negar coisa alguma, lhe deu a vaca como ela pediu. A vaca fica aos cuidados de Argos, um monstro que possuía muitos olhos e sempre dormia com um deles abertos, assim a vaca estava sempre sob a sua vigilância. Contudo Zeus não suportou ver o sofrimento de sua amante e ordenou a Hermes que matasse Argos e ele assim o fez. Hermes tocou uma melodia e o monstro finalmente dormiu completamente, com todos os olhos fechados. Depois de adormecido teve a cabeça arrancada por Hermes. Hera se entristece com o acontecido e resolve pegar seus olhos e coloca-los na cauda de seu pavão, e lá eles permaneceram. Apesar da morte de Argos, Hera continua a perseguir Io e devolve sua forma humana somente após uma promessa de Zeus onde ele diz que jamais a trairá novamente.


Reportar erro