Hipertônico e hipotônico

Quando falamos dos fenômenos de difusão, onde um determinado soluto é transportado por um fluido líquido ou gasoso de um meio mais concentrado para…


Quando falamos dos fenômenos de difusão, onde um determinado soluto é transportado por um fluido líquido ou gasoso de um meio mais concentrado para um menos concentrado, ou nos casos de osmose (quando o fluido envolvido é a água), os meios hipertônico e hipotônico é que definem de acordo com a análise de movimento e de sentido das partículas quando são separadas em um meio com concentração diferente.

Hipertônico e hipotônico

Foto: Reprodução

Definição de hipertônico

A palavra hipertônico indica muito, algo que está elevado, que possui grande quantidade. Desta forma, pode-se afirmar que um meio hipertônico é quando a concentração do soluto é maior que a concentração do solvente.

Quando um meio é hipertônico ele possui uma grande quantidade de sais ou de produtos que aumentam a osmolaridade do líquido. Quando uma célula entra em contato com um meio hipertônico, a água que está no centro dela vai difundir para o meio hipertônico, que possui maior osmolaridade que dentro da célula. Fazendo com que essa célula murche.

Definição de hipotônico

A palavra hipotônico indica pouco, algo que possui pequena quantidade. Desta forma, pode-se afirmar que um meio hipotônico é quando a concentração do soluto é menor que a concentração do solvente.

Quando um meio é hipotônico ele possui uma pequena quantidade de sais ou de produtos, o que faz com que a osmolaridade desse líquido seja baixa. Quando uma célula entra em contato com um meio hipotônico, a água que está fora vai entrar na célula, já que esta possui maior osmolaridade. Em consequência disso, a célula vai inchar, podendo chegar a estourar.

Exemplos

Para compreender melhor como acontecem esses dois processos e a diferença entre eles, veja os exemplos a seguir:

  • Quando colocamos o sal de cozinha em algumas folhas de alface, após algum tempo é possível perceber que as folhas vão começando a murchar. Isso acontece, pois a água que está presente nas folhas começa a sair e dissolver o sal que foi acrescentado. Desta forma, é possível afirmar que neste caso o sal age como um meio hipertônico em relação às folhas de alface, já as folhas são um meio hipotônico em relação ao sal.
  • Uma hemácia, que é uma célula que constitui o sangue, encontra-se em estado túrgido quando é inserida em um meio hipotônico em relação a ela. Com isso, o fluxo de água passa a ser de fora para dentro, que neste caso é o contrário do exemplo anterior. Em consequência desse acúmulo de água nesta célula, há risco de a hemácia se romper.

Reportar erro