Biografia de Hipócrates

Hipócrates, considerado o pai da medicina, foi um pesquisador que nasceu no ano de 460 a.C. na Grécia. Com uma família que já vivia…


Hipócrates, considerado o pai da medicina, foi um pesquisador que nasceu no ano de 460 a.C. na Grécia. Com uma família que já vivia em meio ao que atualmente é chamado de medicina, Hipócrates, filho de Heráclides e Fedareta, viajou durante sua vida por diversas cidades gregas para aprender Retórica e Filosofia, além de estudar a constituição física das pessoas e as doenças que mais atingiam a população.

Pouco se sabe sobre sua vida, mas acredita-se que foi convidado a estudar medicina em uma escola e convidado a trabalhar socorrendo o exército persa que havia sido acometido por uma epidemia. Ele, no entanto, recusou e alegou que não socorreria inimigos de sua pátria.

Voltou a sua cidade para ensinar e praticar a medicina no Templo de Esculápio, uma escola. A data exata de sua morte é incerta, uma vez que muitos acreditam que viveu 83 anos, e outros dizem que vivem 110. O Pai da Medicina foi sepultado em Larrisa, na Tessália.

Hipócrates

Foto: www.octopedia.blogspot.com

Escritos

Os textos médicos ficaram conhecidos como Coleção Hipocrática e surgiram por volta de 300 a.C. Estes são compostos de 53 tratados que possuem ensinamentos pertencentes à Hipócrates, e compõe uma das primeiras obras que tratam a medicina como uma ciência natural.

Esse trabalho marcou o final da crença de que a medicina era uma manifestação mágica e divina, passando a ser vista como uma ciência.

Os quatro princípios fundamentais de Hipócrates

Hipócrates, em sua prática, determinou quatro princípios fundamentais para aqueles que querem seguir a área da medicina:

  • Jamais prejudicar o enfermo;
  • Não buscar aquilo que não é possível oferecer ao paciente, os famosos milagres;
  • Lutar contra o que está provocando a enfermidade;
  • Acreditar no poder de cura da Natureza.

A doutrina dos quatro humores

Ele criou a doutrina dos quatro humores para entender o funcionamento do corpo humano incluindo a personalidade humana. Com o equilíbrio dos humores, sabe-se que a saúde está presente no organismo. No entanto, se um deles encontra-se em menor proporção ou em maior proporção, há um desequilíbrio que causa dor e enfermidades.

Os quatro humores são o sangue, fleugma ou pituíta, bílis amarela e bílis negra.

Os três tratamentos

Para Hipócrates, existiam três formas de tratamento para as doenças que acometiam a saúde dos homens: a sangria, que acabava com os excessos; o purgante, que buscava a purificação do organismo; e a dieta, que previne a constituição dos maus humores. Para ele, o contato com a natureza estava diretamente relacionada ao estado de saúde, assim como o clima, a alimentação e uma determinada raça.


Reportar erro