História do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB)

A história do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) tem origem no contexto do Regime Militar de 1964


O Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) é o maior partido político do Brasil, com o maior número de filiados, prefeitos, governadores, deputados e vereadores.

De orientação política centrista, o partido foi fundado em 1980, sendo sucessor do Movimento Democrático Brasileiro, legenda de oposição ao Regime Militar de 1964.

A origem do PMDB

A história do Partido do Movimento Democrático Brasileiro tem origem no contexto do Regime Militar de 1964. A sigla nasceu como MDB (Movimento Democrático Brasileiro), em março de 1966, para fazer oposição à Arena, partido que apoiava a ditadura militar.

historia-do-partido-do-movimento-democratico-brasileiro-pmdb

Foto: reprodução/PMDB

O “P” surgiu 14 anos depois, junto com eleição de nove governadores, entre eles Tancredo Neves (Minas Gerais) e Franco Montoro (São Paulo). Quando os militares baixaram o Ato Institucional Número Dois, em 27 de outubro de 1965, extinguindo treze agremiações partidárias, os políticos do PTB e dissidentes do PSD ingressaram no então MDB, partido que também abrigou políticos do PCB e PCdoB.

A história do PMDB

O então MDB teve um baixíssimo desempenho nas eleições legislativas de 1966 e 1970 e nas eleições municipais de 1968. O senador Oscar Passos conseguiu reverter a dissolução da legenda, passando o comando do MDB a Ulysses Guimarães. Na década de 70, o ex-senador Ulysses Guimarães foi uma das figuras mais importantes do PMDB.

No decorrer da década de 70, os membros do MDB se dividiam entre os moderados e autênticos: os primeiros defendiam negociações com o governo militar; os demais, a derrubada do regime.

Após várias derrotas expressivas, houve uma virada eleitoral em 15 de novembro de 1974, e coube ao MDB ocupar quase três quartos das vagas em disputa para o Senado, além de duplicar sua bancada na Câmara dos Deputados.

O Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) surgiu no dia 15 de janeiro de 1980, com o resgate do pluripartidarismo pela nova Lei dos Partidos Políticos.

Em 1983, Ulysses Guimarães ficou conhecido como o “Senhor Diretas”, por liderar o movimento que defendia a escolha do presidente da República em eleições diretas.

No ano de 1988, os dissidentes do PMDB fundaram o PSDB. Fernando Henrique Cardoso (FHC) foi um dos políticos que saíram da legenda para criar o novo partido.

O PMDB fez oposição ao governo Collor, apesar de ter participação em ministérios. Nas eleições de 1994, Orestes Quércia disputou a Presidência pelo PMDB, ficando em quarto lugar na disputa.

Em 2008, o PMDB elegeu 1.201 prefeitos, com a vitória nas eleições em seis capitais. Em 04 de outubro de 2007, o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral divulgou um balanço, baseado em dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral, que enumera os partidos com maior número de parlamentares cassados por corrupção. O PMDB aparece em segundo lugar na lista, atrás somente do DEM.


Reportar erro