Imigração Alemã para o Brasil

O primeiro grupo de imigrantes alemães no Brasil chegou no ano de 1818 e fixou-se na região Sul da Bahia. A primeira colônia formada…


O primeiro grupo de imigrantes alemães no Brasil chegou no ano de 1818 e fixou-se na região Sul da Bahia. A primeira colônia formada por eles, no entanto, foi formada no extremo sul do país, em São Leopoldo que é uma região metropolitana da capital Gaúcha. O principal motivo para a imigração foi a busca por uma qualidade de vida melhor, condição não encontrada na época na Alemanha.

Foi somente no ano de 1827 que chegaram os primeiros imigrantes germanos em Santos, e foram para Santo Amaro. Os que vieram depois foram para São Roque, Embu, Itaperica, Rio Claro e os cafezais no interior de São Paulo.

A colonização de Santa Catarina, estado que, atualmente, é o mais alemão dos brasileiros (com cerca de 35% da população descendente de alemães), teve início dois anos depois, seguida d Paraná. A presença de alemães no Brasil foi mais marcante, embora em menor quantidade, em estados como São Paulo, Espírito Santo, Paraná e Rio de Janeiro.

O ápice

A época em que mais imigrantes alemães chegaram ao Brasil foi entre os anos de 1920 e 1930, após a I Guerra Mundial, mas antes do início da Segunda Grande Guerra, quando cerca de 75 mil alemães desembarcaram no Brasil fugindo das tensões de sua nacionalidade.

Os novos integrantes do Brasil, que antes iam para regiões do interior, passaram a trabalhar como operários, professores, entre outras coisas. Essa mão de obra especializada que vinha ao país era de grande importância para sua industrialização.

No ano de 2000 foi feita uma pesquisa que teve como resultado uma estimativa da quantidade de brasileiros que tem descendência alemã. Nessa época, cerca de 5 milhões de pessoas tinham pelo menos um antepassado alemão.

Imigração Alemã para o Brasil

Foto: Reprodução

Causas

As principais causas desse grande volume de alemães que chegaram como imigrantes ao Brasil foram os frequentes problemas sociais que assolavam não só Alemanha, como também outros países da Europa, mas também o encanto que tinham pelo Brasil devido às grandes quantidades de terras do país.

Curiosidades

Chamamos de teuto-brasileiro, ou ainda germano-brasileiro um brasileiro que possua, pelo menos, um ascendente etnicamente alemão. Esse pode ter ou não afinidades culturais com povos considerados germânicos, como alemães, austríacos, suíços ou originários das partes germânicas da República Checa e da Rússia, além de outras localidades.

São consideradas também teuto-brasileiras as pessoas que nascem em países germânicas, mas que estão radicadas temporária ou permanentemente no Brasil.


Reportar erro