Império de Niceia

Com duração de um pouco menos de 60 anos, o Império de Niceia foi erguido pela nobreza que foi exilada do Império Bizantino. Esse…


Com duração de um pouco menos de 60 anos, o Império de Niceia foi erguido pela nobreza que foi exilada do Império Bizantino. Esse foi o maior dos estados bizantinos gregos formado após a tomada de Constantinopla durante a Quarta Cruzada. A capital desse império era a cidade de Niceia, onde atualmente está localizado Iznik, na Turquia.

História

No século XI, a Europa vivenciou uma série de cruzadas que, dentre diversos objetivos, tinha o objetivo secundário mais comum, que era de combater os muçulmanos que tinham fixado moradia em territórios que eram considerados cristãos. No início do século XIII, no entanto, aconteceu a Quarta Cruzada, em que os francos, com apoio de Veneza, invadiram Constantinopla, cidade que era centro do Império Bizantino, também cristão, mas com gerência e alguns ideais diferentes do cristianismo romano.

Com isso, Alexius V, Imperador Bizantino em vigência, fugiu, deixando o lugar para Angelos, que foi proclamado o novo imperador. Apesar de a cidade não ficar sem imperador, a invasão causou uma grande instabilidade no local e, para proteger-se, então, Angelos escondeu-se em Niceia. Os que foram responsáveis pela invasão, acabaram fundando um Império que ficou conhecido como Latino, mas não possuíam muito controle sobre as terras, de forma que vários estados sucessores puderam surgir, como Epiro, Trebizonda e Niceia.

Império de Niceia

Foto: Reprodução

Niceia

A cidade que abrigou o novo Imperador Bizantino tinha, convenientemente, uma posição excelente para o reerguimento do império. Apesar de as tentativas, no início, serem sem sucesso, no ano de 1206, com a proclamação de Teodoro I Láscaris como imperador, alguns acordos e alianças foram estabelecidos. Havia, no entanto, um espécie de disputa contra o Império Latino. Nesse momento, Teodoro nomeou um novo Patriarca Ecumênico de Constantinopla em Niceia, demonstrando que o Império Bizantino permanecia vivo.

João III Ducas Vatatzes deu continuidade ao império de Niceia e expandiu seus territórios. Quando Miguel VIII Paleólogo assumiu, no ano de 1260, foram determinados alguns planos de ataque para reconquistar Constantinopla, mesmo com o domínio do Império Latino.

A ideia, nunca antes pensada, foi posta em prática com alianças com Gênova, uma cidade que rivalizava com Veneza no comércio.

Apesar de ter curta duração, o Império de Niceia foi o maior de todos os estados bizantinos, pois a nobreza, ao invés de apenas refugiar-se em determinada região e por lá ficar, passou a expandir seu território em um novo império, recuperando Constantinopla em 1261.


Reportar erro