Intersexualidade

Em seres humanos, denomina-se intersexualidade a ocorrência de qualquer variação de caracteres sexuais, incluindo cromossomos, gônadas e/ou órgãos genitais, que dificultam a identificação de…


Em seres humanos, denomina-se intersexualidade a ocorrência de qualquer variação de caracteres sexuais, incluindo cromossomos, gônadas e/ou órgãos genitais, que dificultam a identificação de um indivíduo como totalmente feminino ou masculino. Essa variação pode compreender a ambiguidade genital, as variações cromossômicas sexuais diferentes de XX para mulher e de XY para homem, além de outras características de dimorfismo sexual como aspecto da face, membros, comportamento, voz, formato de partes do corpo, pelos e a presença de caracteres a mais como terceiro e quarto mamilo. Um em cada 100 nascimentos acontece com heterogeneidade na diferenciação sexual e em um a cada 2.000 nascimentos, a heterogeneidade é tão grande que suscita dúvida a respeito do gênero da criança.

Intersexualidade

Foto: Reprodução

Intersexuais

Dessa forma, intersexuais são pessoas que nascem com genitália e/ou características sexuais secundárias que fogem aos padrões socialmente determinados para os sexos masculino ou feminino. No campo da Medicina, existe uma diferenciação entre intersexual falso e verdadeiro. Na verdadeira intersexualidade, que é uma condição muito rara, os dois órgãos sexuais são igualmente bem desenvolvidos e produzem hormônios sexuais masculinos e femininos; já na falsa intersexualidade, um dos órgãos apresenta maior grau de desenvolvimento sobre o outro, sendo predominante.

As causas da intersexualidade

São diversas as causas para a intersexualidade, dentre as quais podemos citar as seguintes: hipospadia, síndrome da insensibilidade androgênica parcial e total, Síndrome de Turner, Síndrome de Klinefelter, agenesia vaginal, disgenesia gonadal parcial e total, dentre outras.

Intersexualidade x orientação sexual

Enquanto transgeneridade, a intersexualidade é uma condição sexual e não uma orientação sexual. Sendo assim, as pessoas que se autodenominam intersexuais podem se identificar como homossexuais, heterossexuais, bissexuais ou assexuais.

Hermafroditas e andrógenos

Hermafroditas

O termo “hermafrodita” (originário do nome do deus grego Hermafrodito, filho de Hermes e de Afrodite, respectivamente representantes dos gêneros masculino e feminino) refere-se a um ser ou animal que possui órgãos sexuais dos dois sexos.

Existem três tipos de hermafroditismo humano, a saber: o hermafroditismo verdadeiro, o pseudo-hermafroditismo masculino e o pseudo-hermafroditismo feminino. Todos os hermafroditas verdadeiros são estéreis e os pseudo-hermafroditas frequentemente também o são.

Andrógenos

A androginia não é uma doença e não tem relação com a orientação sexual. O termo “andrógeno” refere-se àquele ou àquela que tem características físicas e comportamentais de ambos os sexos, sejam elas masculinas (andro) ou femininas (gyne). Dessa forma, pode ser difícil definir o gênero apenas pela sua aparência física.


Reportar erro