Invenção do telefone

O surgimento do telefone causa muita discussão sobre quem teria sido o verdadeiro inventor. De um lado, Antonio Meucci, e do outro, Alexandre Graham Bell


Você já imaginou sua vida sem a tecnologia que o mundo possui atualmente? É claro que nem sempre foi essa facilidade para se comunicar e manter relações com pessoas mesmo a longa distância, muitos inventores têm seus nomes na história, responsáveis de criar métodos e tecnologias para facilitar a vida e o contato de pessoas.

Entre essas inovações tecnológicas, está o surgimento do telefone, a grande invenção no âmbito da comunicação do século XIX. Mas, que causa muita discussão sobre quem teria sido o verdadeiro inventor do aparelho. De um lado, o imigrante italiano nos Estados Unidos Antonio Meucci, e do outro, o escocês Alexandre Graham Bell.

A invenção do telefone e a luta pelo reconhecimento

Antonio Meucci nasceu na Itália, mas construiu sua família nos Estados Unidos. Sua mulher possuía um problema de reumatismo muito sério e, por isso, precisava do marido constantemente. Pensando nela, em 1854, Meucci construiu um telefone mecânico que ligava o quarto da esposa (no segundo andar) e o seu escritório (térreo). Em 1871, ele depositou em Nova Iorque um pedido de patente do seu invento, a qual chamou de “teletrofone”. Infelizmente, por falta de dinheiro não pôde renovar em 1873.

Invenção do telefone

Foto: Pixabay

Do outro lado, Alexander Graham Bell nascia na Escócia em 1847 e, após alguns anos, estudou na Royal High School de Edimburgo e na University College de Londres. Já na Weston House Academy, de Elgin, executou suas primeiras pesquisas sobre o som. Em 1870, decidiu se mudar para a América, onde se estabeleceu com a família, primeiro no Canadá e no ano seguinte em Boston, Estados Unidos.

Anos mais tarde, em 1873, foi nomeado professor de fisiologia vocal na Universidade de Boston. Foi então, nessa época, que Bell começou a projetar um dispositivo eletromagnético que pudesse converter os impulsos elétricos em sons. Logo no início, a sua ideia era construir um aparelho que imitasse a voz humana e reproduzisse as vogais e as consoantes. Porém, o resultado foi ainda mais satisfatório, pois culminaram na invenção do telefone, cuja patente foi registrada em 14 de janeiro de 1876.

Tradicionalmente, a invenção do telefone tem sido atribuída ao escocês Graham Bell. Entretanto, em junho de 2002, a Câmara de Representantes dos Estados Unidos da América reconheceu Antonio Meucci como o verdadeiro inventor do telefone. Graças as irrefutáveis provas apresentadas pelo congressista ítalo-americano Vito Fossela.

Difusão do telefone pelo mundo

Logo o aparelho eletromagnético se espalhou pelos Estados Unidos e, em 1877, já era conhecido na Europa. Depois de um ano, foi inaugurada a primeira central telefônica em New Haven, Connecticut. Já em 1884 foi efetuada a primeira comunicação de longa distância entre as cidades de Boston e Nova Iorque. Desde que foi inventado, o telefone só tem contribuído para o desenvolvimento da civilização, facilitando a comunicação e servindo de base para novas tecnologias.


Reportar erro