A literatura espiritualista e seus clássicos

A literatura que tem como fundamento básico a existência da alma remonta a tempos imemoriais. Conheça alguns dos clássicos da literatura espiritualista


O termo espiritualismo faz referência a várias doutrinas filosóficas e/ou religiosas que têm em comum a crença na existência do espírito como elemento fundamental da realidade, bem como a sua emancipação, autonomia e prioridade sobre a matéria.

A literatura que tem como fundamento básico a existência da alma remonta a tempos imemoriais. Neste artigo, conheça alguns dos clássicos da literatura espiritualista.

Imagem de espírito saindo de corpo de mulher

Foto: Depositphotos

Grandes autores da literatura espiritualista

Confira a seguir alguns dos grandes autores que figuram na literatura espiritualista:

Allan Kardec (o Codificador)

Hippolyte Léon Denizard Rivail, ou simplesmente Allan Kardec, foi o codificador da Doutrina Espírita, nascido em Lião, no dia 03 de outubro de 1804.

As cinco obras que versam sobre o Espiritismo e estão no nome de Allan Kardec são as seguintes: “O Livro dos Espíritos”, “O Livro dos Médiuns”, “O Evangelho Segundo o Espiritismo”, “O Céu e o Inferno” e “A Gênese”.

Léon Denis

Léon Denis nasceu em Foug, em 1º de janeiro de 1846, e foi um filósofo espírita, considerado como um dos principais continuadores do espiritismo após a morte de Allan Kardec.

Dentre as suas obras estão “Cristianismo e Espiritismo”, “No Invisível”, “O Além e a Sobrevivência do Ser”, “O Grande Enigma” e outras.

José Herculano Pires

Pires nasceu em Avaré, interior de São Paulo, no dia 25 de setembro de 1914. É autor de 81 livros de Filosofia, ensaios, histórias, Psicologia, romances e Espiritismo, vários em parceria com Chico Xavier.

Obras da literatura espiritualista

Nosso Lar (Francisco Cândido Xavier)

Em “Nosso Lar”, obra de Chico Xavier, o espírito que se autodenomina André Luiz narra a sua vida no Plano Espiritual após o seu desencarne.

Após o encontro com o espírito conhecido como Emmanuel, considerado seu mentor, o médium Francisco Cândido Xavier, mais conhecido como Chico Xavier, recebeu a visita de outra entidade espiritual, hoje denominada André Luiz.

A Arte da Felicidade (Dalai Lama)

Nesta obra, o autor amplia o sentido de ser feliz, estimulando os seres humanos a transformar a busca da felicidade em um objetivo autêntico, que deve ser alcançado a partir de passos concretos.

Em “A Arte da Felicidade”, o tema é abordado por meio de vários diálogos com Dalai Lama, acrescidos das próprias observações do autor a partir do ponto de vista de um psiquiatra ocidental.

Esmeralda (Zibia Gasparetto)

“Esmeralda” é um romance mediúnico ditado pelo espírito conhecido como Lucius e psicografado por Zibia Gasparetto. Foi originalmente publicado em 1985 e, desde então, tem conquistado leitores com a sua marcante história.

*Débora Silva é graduada em Letras (Língua Portuguesa e suas Literaturas). 


Reportar erro