Locução verbal

A língua portuguesa apresenta uma enorme variedade das denominadas “locuções verbais”, expressões que exprimem os mais diversos significados. Como nós sabemos, cada uma das…


A língua portuguesa apresenta uma enorme variedade das denominadas “locuções verbais”, expressões que exprimem os mais diversos significados. Como nós sabemos, cada uma das escolhas (como palavras e pontuação, por exemplo) que nós fazemos ao utilizar a língua servem a um objetivo específico, já que o efeito final da mensagem depende de cada uma dessas escolhas.

Locução verbal

Foto: Reprodução

O que são as locuções verbais?

A locução verbal é formada por dois ou mais verbos que se unem e desempenham, em uma frase, o valor equivalente ao de um único verbo. É uma expressão composta por um verbo auxiliar e por um verbo principal.

Exemplo: Ele está cantando agora. (= canta)

Nas locuções verbais, o último verbo (o principal) aparece sempre em uma de suas  formas nominais (infinitivo, gerúndio e particípio); já os verbos auxiliares são flexionados em tempo, modo, número e pessoa.

Dentre os verbos auxiliares de uso mais frequentes estão: estar, haver, ser, ter e ir.

Quando a locução verbal é formada pelos verbos auxiliares “ter” ou “haver” mais o particípio do verbo principal tem-se um tempo composto.

Exemplo: Ele já tinha saído para a escola quando você me ligou.

Os verbos “poder” e “dever” são auxiliares que expressa o potencial ou a necessidade de determinado processo se realizar.

Outros auxiliares bastante utilizados são os seguintes: voltar a, pôr-se, começar a, deixar de, ir, vir, estar, dentre outros.

Tempos compostos ou locuções verbais?

Vamos ver como diferenciar os tempos compostos das locuções verbais.

  • A formação dos tempos compostos

Os tempos compostos são formados por voz ativa e voz passiva: na voz ativa, os verbos “ter” ou “haver” mais o verbo principal formam os tempos verbais; na voz passiva, os tempos verbais são formados pelos verbos “ter” ou “haver” mais o verbo “ser” mais o verbo principal no particípio.

Exemplos: O meu amor por você só tem crescido com o nosso convívio. (Voz ativa).

Temos sido abençoados em todos os aspectos de nossas vidas. (Voz passiva).

  • A formação da locução verbal

A locução verbal, também chamada de locução perifrástica, é composta pela união de um verbo auxiliar mais um verbo no infinitivo ou no gerúndio.

Exemplos: Estamos fazendo todo o possível para encerrar logo o serviço.

Vou comprar todos os livros e alcançar o meu sonho de biblioteca pessoal.

Observe que, em todas as conjugações dos exemplos, as flexões ocorreram apenas no verbo auxiliar.

*Débora Silva é graduada em Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e suas Literaturas)


Reportar erro