Luís XIV da França, biografia do Rei Sol

Por Wanessa Galvão

Luís XIV da França, biografia do Rei Sol

Imagem: Reprodução

O Rei Luís XIV, famoso monarca absolutista da França, nasceu no ano de 1638, na cidade de Saint-Germain-en-Laye, e em 1643, com cinco anos de idade, já tinha subido ao trono, devido a morte do Rei Luís III, o pai dele. Durante a infância do Rei Luís XIV a França foi governada pela mãe dele, Ana d’Áustria, infanta da Espanha, e pelo primeiro-ministro, o Cardeal Giulio Mazarino.

Apesar de ser considerado Rei desde os cinco anos Luís XIV só assumiu o trono e começou a governar com 22 anos, em 1661, depois da morte do Cardeal Mazarino.

Nessa época Luís XIV já estava casado há um ano com Maria Teresa, filha do Rei Felipe IV, da Espanha. Luís XIV, também conhecido como ‘Rei Sol’, porque escolheu um emblema com essa figura para representá-lo, ficou famoso pela sua postura extremamente absolutista. Ele governava sem nenhuma limitação imposta pela constituição ou pela legislação. É dele a famosa frase “O Estado sou eu”, que define bem como era o governo na época.

Quando assumiu o poder, o Rei Sol percebeu que o tesouro da realeza estava perto da falência. Os anos foram se passando e as coisas não pareciam melhorar, uma vez que era o próprio Rei que gastava muito dinheiro de maneira extravagante.

Características do reinado

Logo no início do governo, ele acabou com o cargo de primeiro-ministro e manteve apenas um chanceler, quatro secretários e um administrador das finanças. Em 1665, o rei nomeou Jean-Baptiste Colbert  chefe da Controladoria Geral. E foi justamente com a ajuda de Colbert que o Rei Sol conseguiu colocar a França de novo nos eixos. Colbert fez um plano de reforma fiscal que tornou os impostos mais eficientes, e com isso reduziu o défice do país. O Chefe da Controladoria Geral fez também planos para o desenvolvimento da França em longo prazo através do comércio.

Durante o período em que exerceu o reinado, Luís XIV perseguiu os protestantes, reorganizou o exército do país, travou guerras contra Espanha, Holanda, Áustria e Luxemburgo, construiu o Palácio de Versalhes, que conta com mil e novecentos quartos e o primeiro banheiro interno da história e lançou a ‘moda’ das perucas altas e bem elaboradas que se arrastou por quase 150 anos nas cortes europeias.

A morte do rei Luís XIV

Ele morreu no dia 1º de setembro de 1715, no palácio de Versalhes, de gangrena nas pernas. Um rei que  governou a França por 72 anos e se despediu da vida deixando o país próspero, rico e militarmente poderoso.

Até hoje a imagem que vemos se perpetuar de Luís XIV é de um rei forte, mão de ferro, guerreiro, músico aplicado, e amante do teatro, da dança, da poesia e de todas as formas de arte. Um rei brilhante assim como o sol.