Mais da metade dos viajantes brasileiros postam em rede sociais

Pesquisa mostrou que 58% dos brasileiros afirmaram fazer uso da web para compartilhar vídeos, fotos e impressões sobre os lugares visitados


Uma pesquisa realizada recentemente pela Momondo, um buscador dinamarquês de passagens aéreas e hotéis, revelou que o brasileiro é o tipo de turista que mais publica em redes sociais durante viagens. Para realizar o estudo, foram interrogadas 973 pessoas, entre 18 e 65 anos, em janeiro de 2016.

A pesquisa mostrou que 58% dos brasileiros que responderam a pesquisa afirmaram fazer uso da web para compartilhar vídeos, fotos e impressões sobre os lugares visitados. Desses, 70% são jovens entre 23 e 35 anos.

A rede social mais utilizada por eles para compartilharem suas experiências é o Facebook, com 90% da preferência. Das mulheres que participaram do estudo, 93% também utilizam o canal criado por Mark Zuckerberg. Em segundo lugar está o Whatsapp, com 72%, seguido do Instagram, com 52%, e o Twitter, com 34%.

Mais da metade dos viajantes brasileiros postam em rede sociais

Foto: depositphotos

Esse perfil de turista conectado faz com que os brasileiros priorizem lugares com sinais abertos de internet. Por isso, na hora da escolha, a prioridade para 89% dos entrevistados é para hotel com conexão, bem como para 73% dos frequentadores de bares e restaurantes.

Estrangeiros postam menos durante viagens

Em comparação a outros turistas estrangeiros, os brasileiros dominam as redes. Por exemplo, os chineses só postam 10% no Facebook durante passeios e férias. Esse número cai ainda mais quanto o assunto é Whatsapp, cujo percentual só atinge 1% dos entrevistados.

Em relação aos estabelecimentos, os europeus são menos exigentes quanto ao sinal de conexão com a internet. Tanto os austríacos, como os alemães, não valorizam a disponibilidade do serviço. 21% afirmaram à pesquisa não se importarem com a ausência de wi-fi em hotéis, cafés e restaurantes.

Cerca de 40% dos britânicos também demonstraram insatisfação com alguns acessórios de viagens, como o pau de selfie, que ajuda o turista a fotografar a si próprio em locais e pontos de visitação. Já 39% dos australianos também se incomodam com o uso do objeto, assim como os americanos, com 31%.

A opinião é ainda mais radical, quando 93% dos finlandeses e 89% dos dinamarqueses afirmam que nunca usaram o acessório para fazer selfies. Vale lembrar, que 55% dos turistas tupiniquins responderam que já usaram o pau de selfie durante suas viagens.

Conheça aplicativos que conectam viajantes

Os brasileiros adoram ficar conectados, principalmente durante as viagens de férias. Pensando nisso, já existem no mercado inúmeros aplicativos voltados para esse público, que além de conhecerem outros viajantes, podem pesquisar roteiros e ter acesso a avaliações de outras pessoas que já estiveram nos locais. Conheça alguns deles:

Wayne

Essa rede social disponibiliza roteiros baseadas no seu perfil de viajante. Se você quer esquiar ou mergulhar é só definir como preferências e logo aparecerão as opções.

Trover

Especializado em imagens dos mais diversos lugares do planeta. O viajante poderá conhecer as belas paisagens antes mesmo de sair de férias.

Hey Lets

Essa opção conecta os usuários em uma rede, na qual estão disponíveis indicações de lugares para visitar e comentários sobre eles.


Reportar erro