Mate o mosquito transmissor da zika com água sanitária

Para combater o Aedes Aegypti, um estudo recente fez a confirmação de que a água sanitária é um importante aliado doméstico


O verão chegou e com ele a temporada de chuvas. Essa combinação aumenta a proliferação de mosquitos que depositam suas larvas nas águas acumuladas, limpas e quentes. O Aedes Aegypti é, de longe, o mais perigoso desses mosquitos. Ele é responsável pela transmissão das temidas zika, chikungunya, dengue e febre amarela.

Para combatê-lo, um estudo recente fez a confirmação de que a água sanitária (Hipoclorito de Sódio) é um importante aliado doméstico.

De acordo com o médico toxicologista Flávio Zambrone, “o produto é capaz de matar a maior parte de germes e bactérias causadores das doenças transmitidas pela água contaminada das enchentes. Além disso, é de fácil acesso à população e tem baixo custo”.

Mate o mosquito transmissor da zika com água sanitária

Foto: depositphotos

A comprovação foi feita no Laboratório de Radiobiologia e Ambiente do Centro de Energia Nuclear na Agricultura da Universidade de São Paulo. No estudo, o hipoclorito de sódio matou até 100% das larvas em um período de tempo específico. Mas, os testes levaram em conta diferentes diluições em prazos díspares. Entenda:

– Em 24 horas:

A diluição de 2 ml por litro de água exterminou 75% das larvas.
A diluição de 4 ml por litro combateu 80% das larvas.
A diluição de 10 ml por litro combateu 100% das larvas.

– Em 48 horas:

A diluição de 3 ml mata até 92,5% das larvas.

– Em 120 horas:

A diluição de 2 ml por litro matou 75% das larvas.

Mas, você sabe fazer uma limpeza na caixa d´água da sua casa?

Para a eficiência ser completa, o recipiente que vai receber a água e o hipoclorito de sódio deve estar limpo e possuir tampas apropriadas. Agora que você sabe o poder da água sanitária no combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor de várias doenças, aprenda a fazer a higienização correta da sua caixa d´água.

Como limpar corretamente minha caixa d’água?

Procure limpar o seu recipiente que armazena e distribui água para sua casa a cada seis meses. Para isso, esvazie a caixa, mas não por completo. Deixe água suficiente para a primeira lavagem.

Comece utilizando uma escova ou vassoura para esfregar as paredes e o fundo com um restinho da água que sobrou ao esgotá-la. Nessa etapa não é necessário utilizar produto de limpeza. Após a esfregação, se livre dessa água suja dando diversas descargas até esvaziar a caixa.

Em seguida, encha-a novamente com água limpa e adicione um litro de água sanitária a cada mil de água. Neste período, não utilize a água da caixa. Espere por, aproximadamente 2 horas, e a esvazie novamente abrindo todas as torneiras da casa para limpar também os canos. Após essas ações, o recipiente estará pronto para receber a água. Não esqueça de mantê-lo fechado.


Reportar erro