MEC oferta cerca de 30 mil vagas para cursos técnicos

Com duração de dois anos, cursos devem começar nas instituições públicas de todo o País até o dia 20 de dezembro


Com o objetivo de proporcionar maior qualificação profissional à população brasileira, o governo federal dá continuidade à aplicação de recursos em cursos técnicos. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), cerca de 30 mil vagas estarão disponíveis ainda neste semestre. As aulas regulares e a distância serão oferecidas pela Rede e-TEC Brasil e pelo Programa de Formação Inicial em Serviço dos Profissionais da Educação Básica dos Sistemas de Ensino Público (Profuncionário).

Com duração de dois anos, os cursos estão previstos para começar nas instituições públicas de todo o País até o dia 20 de dezembro. Na última terça-feira (29), o MEC realizou uma reunião para discutir mudanças, perspectivas e o cronograma de execução das próximas atividades da Rede e-TEC e do Profuncionário.

Segundo o diretor de Integração das Redes de Educação Profissionalizante e Tecnológica do Ministério da Educação, Geraldo Andrade, a iniciativa fortalece a possibilidade de permanência e continuidade dos estudos.

“Além de ser uma tendência dessa nova geração se adaptar melhor às plataformas tecnológicas de educação a distância, elas também estão cada vez mais interativas na metodologia ensino aprendizagem”, garante Andrade.

MEC oferta cerca de 30 mil vagas para cursos técnicos

Foto: Arquivo/Agência Brasil

Oferta de cursos

Para oferecer os cursos da Rede e-TEC, é preciso fazer parte do Sistema Eletrônico (SISTEC). A oferta de cursos será disciplinada pelo Catálogo Nacional de Cursos Técnicos, Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia e do Guia Pronatec de Cursos de Formação Inicial e Continuada, publicados pelo MEC.

Profuncionários

Por meio da iniciativa Profuncionários, o MEC busca incentivar a formação em serviços profissionais não docentes, mas que atuam nas escolas brasileiras de educação básica. Cursos como técnico em alimentação escolar, infraestrutura escolar, multimeios didáticos e secretaria escolar são as quatro modalidades mais procuradas e consequentemente ofertadas. Para participar, é preciso estar inscrito no Sistema Integrado de Monitoramento e Controle (Simec).

*Do Portal Brasil
Com adaptações


Reportar erro