Micologia

Micologia ou micetologia é a ciência, ramo da Microbiologia, responsável por estudar os fungos, organismos heterotróficos de variadas dimensões e que podem ser parasitas,…


Micologia ou micetologia é a ciência, ramo da Microbiologia, responsável por estudar os fungos, organismos heterotróficos de variadas dimensões e que podem ser parasitas, saprófitos ou decompositores. O termo “micologia” tem origem grega, onde mikes significa “cogumelo” e logos, “estudo”. Os fungos pertencem a um reino próprio, o Reino Fungi, e os micólogos (micologistas ou micetologistas) estudam todas as características destes seres, a taxonomia, sistemática, morfologia, fisiologia, bioquímica, utilidades e os efeitos benéficos e maléficos das espécies de fungos.

Micologia

Foto: Reprodução

A história da Micologia

Os cogumelos foram escritos pela primeira vez nas obras de Eurípedes (480-406 a.C.), e o filósofo grego Teofrasto de Eresos (371-288 a.C.) talvez tenha sido o primeiro a tentar classificar as plantas: os cogumelos foram considerados plantas com a ausência de certos órgãos. Durante a Idade Média, houve pouco avanço no conhecimento sobre fungos. A publicação de Nova plantarum genera, de Pier Antonio Micheli, em 1737, marcou o início da era moderna da Micologia. Este trabalho lançou as bases para a classificação sistemática de musgos, ervas e fungos. As palavras “micologia” e “micólogo” foram utilizadas pela primeira vez em 1836, por M. J. Berkeley.

As características dos fungos

Os fungos são formados por hifas, filamentos longos e ramificados que, junto com outras hifas, formam o talo de um fungo chamado de micélio. Outros fungos, como as leveduras, são seres unicelulares e não formam hifas. Estes organismos são delimitados exteriormente por uma membrana rígida que contém hemicelulose e quitina. A reprodução se dá por diferentes processos, podedo ser sexuais, assexuais e parassexuais.

Os fungos são seres ubíquos e podem ser encontrados na água, no solo, nos vegetais, nos animais e em detritos. São classificados em quatro divisões, a saber: Zygomycota, Ascomycota, Basidiomycota e Deuteromycota.

As diversas áreas de estudo da Micologia

A Micologia estuda cada divisão que reúnem os diversos fungos e, também, nas diversas áreas em que eles são utilizados, como na indústria, na alimentação, na agricultura e na medicina. Na indústria, os fungos (as leveduras principalmente) são usados como fermento na produção de bebidas alcoólicas e nas indústrias panificadora e láctea.

Na alimentação, os fungos estão presentes na fabricação de vários produtos alimentares, como pães, queijos, dentre outros. Na agricultura, os fungos podem atuar associando-se com as raízes de algumas plantas, formando as micorrizas. Na medicina, destaca-se a descoberta da penicilina, um antibiótico natural poderoso, produzido por um fungo.


Reportar erro