Biografia de Mikhail Gorbatchev

Mikhail Gorbatchev é um estadista nascido na antiga URSS que possui uma rica biografia, pondo fim ao Partido Comunista e dissolvendo a URSS.


Nascido no dia 02 de março de 1931, Mikhail Sergéevich Gorbatchev nasceu em Stavropol, na URSS, e foi um Estadista Soviético que pôs fim ao poderio do Partido Comunista no país e a dissolução de URSS.

No ano de 1952 com seus 21 anos, ele inscreveu-se no Partido Comunista, onde viria a ser uma das figuras mais importantes da história do partido. Estudante de direito, ele conheceu sua esposa Raisa na faculdade de Moscou, aonde viera a se casar em setembro de 1953, há dois anos de sua formatura.  Em 1966 concluiu mais uma graduação, dessa fez como agrônomo.

Biografia de Mikhail Gorbatchev

Foto: Reprodução

Carreira Política

Sua carreira política teve início um ano após sua formação, em 1970,quando foi nomeado a Primeiro Secretario de Agricultura e no ano seguinte, membro do Comitê Central.  Em 1974 ele veio a se tornar representante do Soviete Supremo e em 1978 foi eleito um dos secretários do comitê central, e futuramente, mais precisamente em 1979, ele entrou para o Politburo Órgão executivo do Partido Comunista.

Por ter viajado por muitas partes do mundo, ele conheceu muitas culturas e formas de governo que viriam a influenciar o seu ponto de vista político e social, que contribuiriam para a forma dele trabalhar em seu país. Entre essas viagens está uma delegação em que ele dirigiu para a república Federal da Alemanha em 1975 e uma outra em 1983 para o Canadá, onde lá encontrou-se com o primeiro-ministro Pierre Trudeau. Em 1985, em uma viagem ao Reino Unido ele teve um encontro com Margaret Thatcher.

Quando o secretário geral do Partido Comunista, Konstantin Chernenko veio a falecer, Gorbatchev foi eleito o secretário geral do Partido Comunista em 11 de março de 1985.  Sua tentativa de reformar o partido iria transformar duas palavras russas em algo conhecido mundialmente: “glasnost”, que significa abertura, e “perestroika”, reconstrução, que ele apresentou no 27º congresso do Partido Comunista Soviético, em fevereiro de 1986.

Ganhador do prêmio Nobel da Paz

Um 1988 Gorbatchev admitiu que a Europa do Leste passaria a adotar regimes democráticos,  também anunciou que a União Soviética estava abandonando oficialmente a doutrina Brezhnev.  Em um discurso histórico feito no ano de 1989 ele falou perante a Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa sobre o fim da guerra fria, a queda da cortina de ferro e a retirada das tropas soviéticas do Afeganistão. Assinou com o presidente norte-americano, Ronald Reagan um acordo de destruição de armas nucleares, pondo fim a Guerra Fria entre URSS e EUA. Essa atitude lhe rendeu o prêmio Nobel da Paz em 1990, o mesmo ano em que ele viera a se tornar presidente executivo com poderes especiais.

No ano de 1991 ele foi vítima de um golpe militar, que o forçou a abandonar seu cargo de Secretário-Geral do Partido Comunista e a ficar em prisão domiciliar, porém, o povo russo reagiu fortemente ao golpe, e liderado por Boris Yeltsin conseguiram derrubar o regime comunista, fazendo com que ele voltasse ao poder em menos de 72 horas. Em 25 de dezembro do mesmo ano ele demitiu-se da chefia de estado, e dois anos depois, 1993, fundou a ONG, a Cruz Verde Internacional, que tem se dedicado a questão da água e do desarmamento. Tentou se candidatar a presidente da Rússia em 1995, mas a sua votação não foi das melhores. No ano de 1999 sua esposa Raissa Gorbatchev faleceu.

A partir de então, Gorbatchev escreve para vários jornais mundiais e viaja todo o mundo participando de diversas conferências. Sua rica biografia lhe rendeu experiência para contribuir de maneira significativa em vários assuntos importantes, como meio ambiente e economia.


Reportar erro