A mitológica história grega sobre a Caixa de Pandora

A Caixa de Pandora é um mito grego que evidencia que escolhas erradas geram confusões e crises. Saiba mais sobre essa história


Os gregos deixaram para nós diversas peças teatrais e histórias que, na época, tinham a função de explicar a existência dos fenômenos naturais e da vida em si. Entre tantos exemplos podemos destacar a história da caixa de pandora, muito conhecida por evidenciar a ideia de que o homem está no controle do seu destino e que é a partir de escolhas erradas que surgem as confusões e as crises.

O fogo

Prometeu, cujo nome significa “prudente”, era um titã, assim como o pai de Zeus, e apesar dele não ter vencido na grande batalha entre os titãs e os deuses do Olimpo, sua vida foi poupada e ele permaneceu vivendo na Terra, junto do seu irmão, Epimeteu. Os conhecimentos do titã foram aumentando e Zeus, com inveja e ira, resolveu acabar com a humanidade a fim de causar muita tristeza a ele. O senhor do Olimpo então retirou o fogo dos humanos. O titã, inconformado com o acontecimento, foi até a morada dos deuses e roubou uma centelha de fogo, para dar aos homens, pois o fogo despertava a inteligência e servia de defesa para os mais fracos.

A vingança

Prometeu e a águia

Imagem: Reprodução

Zeus ficou sabendo do acontecido e decidiu se vingar, não apenas de Prometeu, mas também da humanidade, que era adorada por ele. Prometeu foi capturado e levado para o alto de uma montanha mágica. Lá ele foi acorrentado a uma pedra e a condenação foi passar a eternidade ali, onde diariamente uma ave passava o dia comendo seu fígado, que se regenerava toda noite, para dar continuidade ao tormento.

Para se vingar dos homens o grande deus do Olimpo ordenou que Hefesto, deus das artes, fizesse uma mulher magnífica como uma deusa. Zeus recebe uma estátua lindíssima e pediu a Atena, deusa da sabedoria, que lhe desse o sopro da vida. Depois foi a vez de Afrodite, deusa do amor, dar a ela mais beleza e de Apolo, deus do sol, dar a ela uma voz suave.

A essa mulher foi dado o nome de Pandora, que significa presente de todos, e a ela foi entregue uma caixa que não deveria ser aberta jamais.

A caixa de Pandora

A caixa de Pandora

Imagem: Reprodução

Pandora foi enviada com a caixa como um presente para a casa de Epimeteu, que apesar de ter ouvido do irmão que jamais deveria aceitar um presente dos deuses, não consegui resistir a moça e acabou apaixonando-se por ela. Eles casaram-se e apesar de todos os pedidos de Epimeteu, Pandora não resistiu e abriu a caixa, liberando um arsenal de desgraças para o homem, como a discórdia, a guerra e todas as doenças do corpo e da mente.


Reportar erro