Movimento comunal

A cidade e o campo, durante o período do feudalismo, eram constantemente dominadas pelo Senhor Feudal. Protegidas por grandes muros, as cidades possuíam os…


A cidade e o campo, durante o período do feudalismo, eram constantemente dominadas pelo Senhor Feudal. Protegidas por grandes muros, as cidades possuíam os centros comerciais, também chamados de burgos, mas devido ao alto crescimento da cidade, os burgos acabaram saindo dos limites dos muros. Esse foi o momento em que os burgueses tornaram-se comerciantes e artesãos.

Comuna

O termo comuna era usado para designar o conjunto dos habitantes de uma cidade que tinha como objetivo libertar da dependência do senhor das terras. O termo, no entanto, após algum tempo, passou a ser usado para denominar as cidades que foram libertadas de forma parcial ou total do domínio deste senhor – mas era necessário que, para isso ser válido, o senhor assinasse uma carta comunal, paga pelos habitantes da cidade com um preço determinado pelo senhor. Quando mais alto o valor, maior era o grau de liberdade atribuído à cidade.

O que foi o movimento?

No século XI, com grande poder e influência econômica, essas cidades começaram a lutar por uma independência e autonomia em relação ao feudo. Com isso, teve início o movimento comunal em que, primeiro, os senhores começaram com a simples renúncia dos seus direitos mediante a um pagamento, fator que fez com que as cidades fossem chamadas de francas, ou seja, cidades livres do domínio senhorial.

Alguns senhores, no entanto, foram contra o acordo, o que despertou um desejo nos burgueses de iniciar um confronto. Nestes casos, as cidades que passaram pela revolta e sofreram suas consequências, ficaram conhecidas como comunas.

Movimento comunal

Foto: Reprodução

As cidades que tornaram-se livres passaram a ser governadas, sendo que os cargos principais foram ocupados por burgueses ricos que criaram leis de aplicação local. Era deles também a responsabilidade de cobrar os impostos e exercer o poder sobre a milícia urbana.

No período da Baixa Idade Média, algumas cidades livres da Alemanha associaram-se para que pudessem monopolizar o comércio de determinada região. Esse grupo associado passou a ser chamado de hansas, ou então ligas. A mais conhecida e importante dessas foi a Liga Hanseática. Esta dominou, no período, o comércio nos Mares Báltico e do Norte, sendo que o seu centro era a cidade de Lübeck.

Outros termos

Existiam ainda as cidades reais ou cidades imperiais, que eram aquelas que tinham a proteção direta do rei ou imperador.


Reportar erro