O barômetro

O barômetro, também conhecido como barômetro de Torricelli, é um instrumento que exerce a função de medir a pressão atmosférica, utilizando a unidade de…


O barômetro, também conhecido como barômetro de Torricelli, é um instrumento que exerce a função de medir a pressão atmosférica, utilizando a unidade de pressão denominada “bar”. Este aparelho foi inventado pelo físico e matemático italiano Evangelista Torricelli, em 1643. Além de demonstrar a existência da pressão do ar, este cientista inventou o aparelho capaz de medi-la. São dois os tipos de barômetros: o aneróide (metálico) e o de coluna de mercúrio.

A experiência com o mercúrio

Foto: Reprodução

A experiência com o mercúrio

O barômetro de Torricelli é um instrumento composto por um longo tubo (1 metro) de vidro e uma cuba, também feita de vidro, que contenha mercúrio. Em seu experimento, Torricelli pegou um longo tubo de vidro, fechado em uma das extremidades, e encheu-o até a borda com mercúrio. Em seguida, tampou a ponta aberta e, invertendo o tubo, mergulhou a ponta em uma bacia que continha mercúrio. Ao soltar a ponta aberta do tubo, o físico notou que a coluna de mercúrio baixava até um certo nível, mas parava ao alcançar uma altura de aproximadamente 76 centímetros. O cientista italiano imediatamente concluiu que, acima do mercúrio, havia o vácuo, e que a razão pela qual o metal (o mercúrio) parou de descer era porque o seu peso foi equilibrado pela força exercida pela pressão do ar sobre a superfície do mercúrio na bacia. Ao realizar este experimento, Torricelli demonstrou dois importantes fatos: a possibilidade de se obter um vácuo e mantê-lo pelo tempo que se quiser e a variação da altura da coluna de mercúrio. Devido a essas variações, o físico concluiu corretamente que a pressão atmosférica podia variar, sendo que as suas flutuações podiam ser medidas através da variação na altura da coluna de mercúrio.

O barômetro aneroide e o barômetro de mercúrio

O barômetro

Foto: Reprodução

Inventados em 1843, a maioria dos barômetros são aneróides. São constituídos de uma pequena caixa de metal, fechada a vácuo e funcionam sem líquido. Um dos lados desta caixa é ligado a uma resistente mola que não permite que a caixa se abra; a posição do lado móvel da caixa é indicada por um ponteiro e funciona da seguinte maneira: se expande caso a pressão do ar diminua e comprime caso a pressão aumente. Este tipo de barômetro é utilizado a bordo de navios, em casa e em todas as estações climáticas. Já o barômetro de mercúrio é usado em grandes estações de meteorologia e em laboratórios de pesquisa.


Reportar erro