O espaço industrial no Brasil

Industrialização Atualmente o cenário industrial do Brasil é amplo, mas nem sempre foi assim. Isso tudo foi conquistado aos poucos, tornando-se um dos elementos…


Industrialização

Atualmente o cenário industrial do Brasil é amplo, mas nem sempre foi assim. Isso tudo foi conquistado aos poucos, tornando-se um dos elementos básicos da economia de determinadas regiões.

O processo de industrialização teve início no Brasil na década de 1930, quando a dependência econômica levou o país a ruir na crise de 1929. O Plano de Metas surgiu na década de 1950 intensificando o processo, ampliando a produção industrial brasileira.

A indústria automobilística consolidou-se na região de São Paulo, sendo este fator fundamental para a concentração do parque industrial brasileiro nesta cidade e em sua região metropolitana.

Esse rápido desenvolvimento acabou gerando a urbanização de forma precária, assim como a migração de muitas pessoas de diversas regiões do país que buscavam emprego e melhores condições de vida.

Ao final do século XX, a cidade era a maior do país e a quarta maior do mundo, tendo mais de 20 milhões de habitantes – cidade e região metropolitana, enquanto só a capital possuía 11 milhões.

O espaço industrial no Brasil

Foto: Reprodução

Espaço industrial

A implementação da indústria carrega elementos que transformam a cultura, a economia e o espaço ocupado por ela, trazendo impactos, inclusive, para o meio ambiente.

A indústria concentrava-se no Sudeste do Brasil devido ao processo histórico pelo qual passou no início da industrialização. Devido à cafeicultura, a região possuía os fatores primordiais para a instalação destas. O plano de metas, e outros planos governamentais, além disso, deu mais intensidade à essa concentração, pois destacava a região.

No entanto, o processo da industrialização não se deu por todo o Sudeste, sendo mais presente na região de São Paulo. Isso produzia espaços geográficos diferenciados e, consequentemente, desigualdade na própria região.

Distribuição das indústrias

Antes, como citamos acima, a indústria concentrava-se na região sudeste do Brasil, mas nos dias de hoje passou a ser melhor distribuída por todo o país. Segundo uma tendência mundial, o Brasil tem passado por essa desindustrialização, que vem ocorrendo dentro do ABCD Paulista.

A partir da década de 1980, houveram grandes esforços do governo para descentralizar as indústrias, mas isso somente começou a ser algo efetivo a partir de 1990.

As indústrias tem buscado menores custos de produção, e encontram isso no interior paulista. As áreas como o Vale do Paraíba e ao longo da Rodovia Fernão Dias, oferecem incentivos fiscais, mão-de-obra mais barata, transportes sem tanto congestionamento e melhor qualidade de vida.

O processo de desconcentração das industrias acaba determinando que cidades-médias que possuem infraestrutura e mão-de-obra qualificada comecem a crescer. São Paulo continua sendo o líder nacional industrial, mas as indústrias, atualmente, encontram-se mais espalhadas.


Reportar erro