O que é linguagem formal e informal?

Saiba mais sobre o que é linguagem formal e linguagem informal e veja as principais diferenças entre elas e como enriquecem nosso português


A linguagem é a forma que usamos para nos comunicar uns com os outros. Temos a linguagem oral, escrita e visual, por exemplo, mas todas estas seguem padrões adotados pela sociedade que diferem entre si dependendo da situação ou do ambiente em que o indivíduo se encontra. Atualmente, numa época de modernidade líquida onde as coisas são passageiras e rápidas é bastante comum que façamos uso da linguagem para acompanhar este ritmo.

O que é linguagem formal e informal?

Imagem: Reprodução

Por exemplo, quando conversamos com pessoas vindas de lugares diferentes, com outros costumes e outros vícios de linguagem tendemos a absorver certas expressões e até mesmo gírias que acabam tornando-se comum em nosso cotidiano. Entre amigos e alguns familiares é perfeitamente normal que façamos uso destas gírias, falando de forma mais desleixada e, saindo da parte da oralidade, quando conversamos com alguém pelo celular ou computador, através e mensagens de texto, nossa forma de linguagem continua a mesma, fazemos usos de abreviações que não constam na nossa língua e até inventamos algumas palavras. Este tipo de linguagem chamamos de informal.

Já a linguagem formal é aquela que utilizamos em situações que requerem seriedade, é o tipo de linguagem requerida em exames que trazem uma parte de redação como alguns concursos públicos e principalmente o temido vestibular. Ela também é utilizada na oralidade quando temos que lhe dar com alguém mais velho ou de um cargo superior, por exemplo, não se atendo somente à escrita. Imagine você prestes a fazer um discurso, para um auditório lotado, todos prestando atenção em cada palavra que tem a dizer naquele momento, fica claro que o tipo de linguagem a ser utilizada é a linguagem formal. Ou quando temos que enviar uma carta ou um documento.

Saiba diferenciar a linguagem formal da informal

Conhecer estes dois tipos de linguagem é essencial para que possamos ter boa desenvoltura no meio profissional ou acadêmico, saber se expressar é com certeza a chave para o sucesso. Veja abaixo um exemplo e algumas diferenças nítidas entre a linguagem formal e a informal.

  • “Caramba! To perdido, não sei como chegar no hotel.” – Este trecho está escrito na linguagem informal, visto que, faz uso de gírias cotidianas como “caramba” e de expressões utilizadas oralmente com bastante frequência como o “to”. “Chegar no hotel” também encontra-se escrito de maneira informal, o trecho é uma transcrição fiel da fala.
  • “Estou perdido, não sei como chegar ao hotel.” – Desta vez o mesmo trecho, sem a gíria, está escrito de maneira formal. Observe o uso da palavra “Estou” e não “to”, abreviada e informal, como no trecho anterior e a preposição “ao” em “Não sei como chegar ao hotel” está empregada corretamente em lugar do “no” do trecho anterior.
  • “E aí, como é que ce anda?” – Nesta frase há o uso da expressão “ce” que dá ideia de “você” o que caracteriza a linguagem informal.
  • “Como é que você está?” – Neste caso já vemos o uso da linguagem formal sem que o “você” seja substituído por uma expressão ou abreviação mais informal.

O português não é uma das línguas mais fáceis, contudo, torna-se prazeroso estudar sobre a nossa língua quando temos peculiaridades tão interessantes quanto a linguagem formal e informal. Aprender nunca é demais e na nossa língua não faltam tópicos a serem estudados e desmistificados.


Reportar erro