O que é o Setembro Amarelo

O suicídio tem crescido cada vez mais em todo o mundo. Foi pensando em uma forma de prevenir esse problema que nasceu a campanha Setembro Amarelo


O suicídio precisa começar a ser encarado como um problema de saúde pública. A prática que acaba com vidas e destrói famílias tem crescido cada vez mais em todo o mundo. Foi pensando em uma forma de prevenir esse problema que nasceu a campanha Setembro Amarelo.

A campanha foi iniciada no Brasil, em 2014, pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP).

As primeiras atividades realizadas pelo Setembro Amarelo aconteceram em Brasília, mas já no ano seguinte houve participação de várias regiões de todo o país.

O que é o Setembro Amarelo?

Foto: depositphotos

A Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio (IASP) estimula a divulgação da causa em todo o mundo no dia 10 de setembro.

O principal objetivo da campanha é a conscientização sobre a prevenção do suicídio, buscando alertar a população a respeito da realidade da prática no Brasil e em todo o mundo. Para o Setembro Amarelo, a melhor forma de se evitar um suicídio é conversando a respeito do problema.

Durante todo o mês de setembro, ações serão realizadas a fim de sensibilizar a população e os profissionais da área para os sintomas desse problema e para a saúde mental, fazendo-os entender que isso também é uma questão de saúde pública.

Para muitos, o suicídio ainda não é visto como um problema de saúde pública, mas sim uma espécie de fraqueza de conduta ou personalidade.

Dados do Ministério da Saúde e da Organização mundial da Saúde (OMS) apontam que todos os dias pelo menos 32 brasileiros tiram suas próprias vidas e em todo mundo estima-se que acontece um suicídio a cada 40 segundos. Todos esses números poderiam ser evitados ou reduzidos quase que por inteiros se existissem políticas eficazes de prevenção do suicídio.

Parecido com o que acontece com o Outubro Rosa, durante o Setembro Amarelo, com o intuito de divulgar a campanha muitos pontos das cidades ganham a cor que leva o nome, como o Cristo Redentor, o Congresso Nacional, Palácio Campo das Princesas, entre outros.


Reportar erro