O que foi o Tratado de Tordesilhas?

Breve resumo sobre o Tratado de Tordesilhas, parte da história do Brasil antes dele ser descoberto ou sequer seu mapa existir


A disputa da Espanha e Portugal

Durante a Expansão Marítima e Comercial da Europa (iniciada no século XV), Portugal alcançou o pioneirismo nas navegações, destacando-se bem mais que os outros países. Mas a Espanha também entrou na disputa (um pouco atrasada) pelas novas terras que ambos iam descobrindo. Em 1492, financiado pelos recursos da Coroa Espanhola, Cristóvão Colombo realizou uma das maiores descobertas daquela época: as terras a oeste. Isso deixou a disputa ainda mais acirrada, portanto, foi necessário que os governos desses dois países pedissem ao papa que fizesse uma divisão das terras descobertas e das terras que ainda estavam por descobrir. Essa divisão ficou conhecida como Bula Inter Coetera: as terras situadas até 100 léguas a partir das ilhas de Cabo Verde seriam de Portugal e as que ficassem além dessa linha, seriam da Espanha.

Tratado de Tordesilhas

Tratado de Tordesilhas delimitando os territórios de Portugal e da Espanha. | Imagem: Reprodução

Porém, Portugal ainda estava insatisfeito e com medo de perder as terras que havia conquistado, pediu a revisão desse primeiro acordo. Essa mudança de ideia repentina, em 1494, é um forte indício de que Portugal já sabia das terras localizadas no sul do novo continente descoberto pelos espanhóis. Para evitar qualquer conflito, em junho, a Espanha assinou a revisão dos acordos, agora chamados de Tratado de Tordesilhas. Neste novo tratado, ficou definido que: os limites de 100 léguas agora seriam de 370 léguas. Assim, os portugueses possuíam boa parte do território do Brasil, mesmo que estas terras fossem descobertas pelos espanhóis (hoje sabemos que a porção que o Tratado de Tordesilhas delimitou para Portugal ia de Belém, no Pará, à cidade de Laguna, em Santa Catarina).

Após o Tratado de Tordesilhas

  • Portugueses e brasileiros não respeitaram o tratado e acabaram avançando pelas terras que seriam dos espanhóis, tomando a porção espanhola do território brasileiro. Foi assim que expandiram suas posses e o país ganhou a forma que tem atualmente.
  • Os espanhóis não tentaram impedir o avanço de Portugal sobre suas terras ao sul, pois deram preferência às terras que estavam ao norte, oeste e ao sul do Brasil.
  • As outras nações europeias, insatisfeitas com essa divisão de terras feita apenas entre Portugal e Espanha, passaram a organizar expedições marítimas para o Brasil, para a exploração do território. Os portugueses então decidiram intensificar os mecanismos de controle e dominação sobre seus territórios. Em 1530, enviaram Martinho Afonso ao território brasileiro, para que ele fundasse o primeiro centro de exploração colonial.

Reportar erro