Os 5 lugares mais horripilantes e macabros da Europa

Já está na hora de conhecer e se programar para visitar os cinco locais mais macabros e assustadores da Europa; confira


Está de malas prontas para uma viagem para a Europa? Já traçou alguns dos locais horripilantes que esse continente milenar reserva para você fazer uma visitinha durante o seu passeio? Se ainda não, está na hora de conhecer e se programar para visitar os cinco locais mais macabros e assustadores da Europa.

1. Igreja de São Jorge: o Templo dos Fantasmas

Localizado no município de Lukova, na República Tcheca, o templo que antes se chamava Igreja de São Jorge foi fundado em 1352. Depois da queda do telhado durante um funeral que ocorria nas dependências do espaço, o templo foi fechado, em 1968.

Templo dos Fantasmas

Foto: Reprodução/ History

Entretanto, tempos depois, o artista plástico Jakub Hadrava, para impulsionar o turismo local, reabriu a igreja. O atrativo do templo: 35 estátuas de fantasmas feitas em gesso dispostas nos bancos da igreja. Todas as imagens expressam a representação dos sudetos, alemães que viveram na região do município e que morreram vítimas da Segunda Guerra Mundial.

2. Ossário da Igreja de São Miguel

Na Áustria, o ossário da Igreja de São Miguel chama a atenção de todos que visitam o município de Hallstatt. O espaço, localizado em um íngreme penhasco, foi erguido no século 12 e reúne aproximadamente 700 crânios.

Próximo ao templo, está um cemitério cuja localização é a que possui a melhor vista da cidade. Como o local é muito pequeno, rapidamente sua lotação chega ao limite. Para isso, a comunidade da região, resolveu criar um método para prestar uma homenagem aos mortos já enterrados e, ao mesmo tempo, dar lugar para os novos falecidos.

Ossário da Igreja de São Miguel

Foto: Reprodução/ Blog Mundo Real 21

A cada 10 ou 15 anos, os cadáveres são exumados e têm os seus ossos retirados. A partir daí, informações como nome e datas de nascimento e falecimento de cada defunto, além do nome do cônjuge (em alguns), são gravados em forma de pintura em cada crânio retirado.

3. As Catacumbas dos Capuchinhos de Palermo

É na ilha de Sicília, na Itália, o local onde estão as Catacumbas dos Capuchinhos de Palermo. No começo, o espaço apenas era destinado aos padres que haviam chegado à região em 1534. Anos mais tarde, a área passou a abrigar também os mortos da elite da região da Sicília.

As Catacumbas dos Capuchinhos de Palermo

Reprodução/ YouTube/ Robert Lleó

No local, que fica na capital Palermo, estão aproximadamente oito mil cadáveres. Anualmente, mais de mil múmias viram objeto de exposição para visitantes. O corpo da famosa menina Rosália, que aos dois anos de idade (1920) morreu vítima de pneumonia e que é classificada como a múmia mais bela do Planeta, está mumificado nessas catacumbas.

4. A Colina das Cruzes

Mais de 200 mil cruzes estão fincadas em uma colina na Lituânia. O local surgiu em 1831, depois de uma revolta contra um czar russo. Familiares de rebeldes assassinados durante os conflitos decidiram criar o espaço como forma de homenagem às vítimas.

Colina das Cruzes

Foto: Reprodução/ O Arquivo

Atualmente, o local se transformou em sagrado e é a rota certa de peregrinos de todo o globo terrestre que desejam alcançar alguma graça. No ano de 1993, inclusive, o espaço recebeu a visita do papa João Paulo II.

5. Floresta Hoia-Baciu

Floresta Hoia-Baciu

Foto: Reprodução/ Arquivo Ufo

Na Romênia, nos arredores do município de Cluj-Napoca, é possível se deparar com a horripilante Floresta Hoia-Baciu. O ambiente é um dos mais sombrios do mundo ao ar livre. Diversas atividades paranormais ocorrem por lá, a exemplo de supostas aparições de seres extraterrestres, fantasmas, além de misteriosos gritos aterrorizantes. Nos últimos tempos, inclusive, a floresta acabou ganhando a nomenclatura de “porta do inferno”.


Reportar erro