Os clássicos de Clarice Lispector

As obras de Clarice Lispector estão recheadas de cenas do cotidiano e tramas psicológicas. Conheça os principais clássicos da escritora


Clarice Lispector foi uma escritora e jornalista que nasceu na Ucrânia, no dia 10 de dezembro de 1920, em Chechelnyk, e naturalizada brasileira. Tida como uma das escritoras brasileiras mais importantes do século XX, Lispector escreveu romances, contos e ensaios.

As obras de Lispector estão recheadas de cenas do cotidiano e tramas psicológicas, sendo que uma das suas principais características é a epifania de suas personagens.

Clarice Lispector morreu no Rio de Janeiro, no dia 09 de dezembro de 1977.

Imagem de Clarice Lispector

Foto: Arquivo Lêdo Ivo/ Acervo Instituto Moreira Salles

Obras clássicas de Lispector

A Paixão Segundo G.H.

“A Paixão Segundo G.H.” foi publicado em 1964 e, assim como outras obras de Clarice Lispector, é traspassado por fluxos de consciência, sendo uma espécie de romance-enigma.

Neste livro, a escritora aborda a história de uma mulher identificada pelas iniciais G.H. e que relata a perda da individualidade após esmagar uma barata.

A Hora da Estrela

Esta obra narra a história de Macabéa, uma moça que migra para o Rio de Janeiro. “A Hora da Estrela” foi adaptado para o cinema por Suzana Amaral, no ano de 1985.

A história de Macabéa é narrada por um escritor fictício chamado Rodrigo S.M.

Água Viva

O livro “Água Viva” foi publicado em 1973 e pertence à terceira geração modernista. Nesta obra, que é definida como “um denso e fluente poema em prosa”, a escritora inventa novos sentidos semânticos para verbos e traça originais comparações.

Laços de Família

Publicado em 1960, o livro “Laços de Família” reúne treze contos. São eles:

  • Devaneio e embriaguez duma rapariga
  • Amor
  • Uma galinha
  • A imitação da rosa
  • Feliz aniversário
  • A menor mulher do mundo
  • O jantar
  • Preciosidade
  • Os laços de família
  • Começos de uma fortuna
  • Mistério em São Cristóvão
  • O crime do professor de matemática
  • O búfalo

Perto do Coração Selvagem

Romance de estreia de Clarice Lispector, “Perto do Coração Selvagem” foi publicada em dezembro de 1943. Nesta obra já destaca-se o que ficaria conhecido como a marca de Lispector: o seu estilo introspectivo.

O livro foi premiado como melhor romance de estreia pela Fundação Graça Aranha, em 1944. Clarice tinha 20 anos de idade quando escreveu esta obra, que tem Joana como protagonista.

Felicidade Clandestina

“Felicidade Clandestina” foi publicada em 1971 e reúne 25 contos de Clarice Lispector. Aborda temas como as angústias da alma e as fases da infância e adolescência, além de assuntos familiares. Alguns dos contos presentes neste livro são:

  • Felicidade clandestina
  • Uma amizade sincera
  • Miopia progressiva
  • Restos do carnaval
  • O grande passeio
  • Come, meu filho
  • Perdoando Deus
  • Tentação
  • O ovo e a galinha
  • Cem anos de perdão
  • A legião estrangeira

*Débora Silva é graduada em Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e suas Literaturas). 


Reportar erro