Os clássicos de William Shakespeare

William Shakespeare é considerado o maior escritor da língua inglesa e o mais influente dramaturgo do mundo. Conheça os clássicos do escritor inglês


William Shakespeare foi um poeta, dramaturgo e ator inglês, nascido no dia 23 de abril de 1564, em Stratford-upon-Avon. É considerado o maior escritor do idioma inglês e o mais influente dramaturgo do mundo, tendo produzido 38 peças, 154 sonetos, dois longos poemas narrativos e mais alguns versos avulsos.

Shakespeare produziu a maior parte de sua obra entre os anos de 1590 e 1613, sendo que suas primeiras peças eram comédias e obras baseadas em eventos e personagens históricos. A partir do fim do século XVI e até aproximadamente 1608, o escritor dedicou-se às tragédias.

As obras clássicas de William Shakespeare

Imagem de William Shakespeare

Foto: Depositphotos

Hamlet

“Hamlet” é uma tragédia que possui uma das frases mais célebres da língua inglesa: “To be or not to be: that’s the question” (Ser ou não ser, eis a questão). A peça foi escrita entre 1599 e 1601 e conta a história de como o Príncipe Hamlet tenta vingar a morte de seu pai, o rei Hamlet.

Nesta obra, são explorados temas como a vingança, traição, incesto, corrupção e moralidade.

Macbeth

“Macbeth” é considerado uma das obras mais importantes na língua inglesa, ao lado de outras tragédias de Shakespeare, como “Hamlet” e “Rei Lear”. Acredita-se que esta tragédia, que é a mais curta do dramaturgo inglês, foi escrita entre 1603 e 1607. “Macbeth” é sobre as consequências de um regicídio.

Sonho de uma Noite de Verão

“Sonho de uma Noite de Verão” é uma comédia shakespeariana escrita em meados da década de 1590. Nesta peça teatral, podemos encontrar elementos relacionados com a mitologia greco-romana e a literatura clássica.

Romeu e Julieta

Esta tragédia shakespeariana escrita entre 1591 e 1595 aborda o amor proibido entre dois jovens na Verona renascentista, além de denunciar a hipocrisia e as convenções sociais.

Juntamente com “Hamlet”, “Romeu e Julieta” é um das obras mais representada nos palcos de todo o mundo. O relacionamento proibido dos jovens também é considerado como o arquétipo do amor juvenil.

Rei Lear

“Rei Lear” foi escrita por volta de 1605 e tem como inspiração as antigas lendas britânicas. Na obra, o rei enlouquece depois de ser traído por duas de suas três filhas.

Poemas de William Shakespeare

Shakespeare também escreveu diversos poemas. Confira um deles a seguir:

Não Diga o Meu Espelho que Envelheço

Não diga o meu espelho que envelheço,
se a juventude e tu têm igual data,
mas se os sulcos do tempo em ti conheço
então devo expiar no que me mata.
Tanta beleza te recobre e deu
tais galas a vestir a meu coração,
que vive no teu peito e o teu no meu.
Mais velho do que tu serei então?
Portanto, meu amor, cuida de ti
como eu, não por mim, por ti somente
te cuido o coração, que guardo aqui
como à criança a ama diligente.
Não contes com o teu se o meu morrer.
Deste-me o teu e o não vou devolver.

*Débora Silva é graduada em Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e suas Literaturas). 


Reportar erro