Os escritores do Romantismo

O Romantismo surgiu na Itália, Alemanha e Inglaterra, porém foi na França que o movimento adquiriu mais força e espalhou-se pelo resto da Europa…


O Romantismo surgiu na Itália, Alemanha e Inglaterra, porém foi na França que o movimento adquiriu mais força e espalhou-se pelo resto da Europa e pela América. No Brasil, o desenvolvimento do Romantismo, principalmente na literatura, deu-se a partir da vinda da Família Real para o Rio de Janeiro.

Principais características do período

  • Valorização das emoções;
  • Liberdade de criação;
  • Amor platônico;
  • Temas religiosos;
  • Nacionalismo e história.

Os escritores do Romantismo

Os escritores do Romantismo

Foto: Reprodução

Conheça a seguir um pouco mais a respeito de alguns dos principais nomes do Romantismo Brasileiro.

  • Aluísio Azevedo – Nasceu em 1857 e é o autor de romances naturalistas como “O Cortiço” e “O Mulato”. Publicou seu primeiro romance, “Uma Lágrima de Mulher”, em 1880. Em 1881, o escritor publicou “O Mulato”, que é considerado o primeiro romance naturalista da Literatura Brasileira. Aluísio Azevedo foi um dos primeiros escritores brasileiros a viver da literatura como ofício, escrevendo obras naturalistas artísticas e folhetins comerciais. Em 1890, publicou uma de suas obras mais famosas, “O Cortiço”, que trata da coletividade mais popular.
  • Castro Alves – Nasceu em 14 de março de 1847, na Bahia e foi o escritor mais importante da 3ª fase do Romantismo, a chamada “Poesia Social”. A obra do autor caracteriza-se pela indignação com opressões e a compreensão dos problemas sociais, além do tom vigoroso e versos expressivos de sua poesia. Castro Alves foi apelidado de “Poeta dos Escravos”, devido à sua poesia abolicionista.Suas obras de destaque são “Navio Negreiro” e “Vozes d’África”, nas quais o escritor denuncia as injustiças e pede por liberdade. Já na poesia romântica de Castro Alves, o amor não é mais platônico.
  • Gonçalves Dias – Nasceu na cidade de Caxias, no estado do Maranhão. Em suas poesias, encontramos as marcas do indianismo e do nacionalismo, da exaltação da pátria. Seu poema mais conhecido, “Canção do Exílio”, foi escrito em Coimbra, em 1843. O escritor também escreveu duas peças teatrais e o Dicionário da Língua Tupi.
  • José de Alencar – Nasceu no dia 1º de maio de 1829, em Mecejana, no Ceará. O autor é considerado o precursor do Romantismo no Brasil em quatro características: indianista, psicológica, regional e histórica. José de Alencar abordou amplamente os temas do índio e do sertão e valorizou a língua falada no Brasil. Escreveu obras de variados estilos e romances que abordam o cotidiano. As suas obras de destaque são: “Ubirajara”, “Iracema”, “O Guarani”, “Diva”, “Lucíola”, “Senhora”, “A Viuvinha”, “O Sertanejo”, “O Tronco do Ipê”, “O Gaúcho”, “Til”, “As Minas de Prata”, “A guerra dos Mascates”.
  • Machado de Assis – O autor nasceu em 21 de junho de 1839, no Rio de Janeiro. No ano de 1872, publicou o seu primeiro romance, “Ressurreição”. Sua obra apresenta várias fases e pode-se considerar que os romances “Ressurreição”, “A mão e a luva”, “Helena” e “ Iaiá Garcia” representam a primeira fase de sua produção literária. Estes romances também possuem algumas características da fase realista, como o interesse pela análise psicológica das personagens, humor, monólogos interiores e rupturas na narrativa.

Algumas características de destaque da produção machadiana são o humor cheio de pessimismo e ironia e a não-linearidade da narrativa.


Reportar erro