Os mitos e verdades sobre o Enem

Existem muitas dúvidas acerca do Enem e, não raro, muitos estudantes acreditam em afirmações que são mentiras. Conheça os mitos e verdades sobre o Enem


O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi criado em 1998 para avaliar a qualidade do ensino no Brasil e o conhecimento dos estudantes que se formaram no Ensino Médio. Atualmente, o exame nacional também é utilizado como a principal porta de ingresso nas universidades públicas e privadas brasileiras, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), além de possibilitar a participação em programas como o Programa Universidade para Todos (ProUni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Existem muitas dúvidas acerca do Enem e, não raro, muitos estudantes acabam acreditando em afirmações que não passam de um mito. Neste artigo, conheça as principais dúvidas sobre o exame nacional e saiba é verdade e o que não passa de um mito.

Afirmações sobre o Enem: verdade ou mito?

Cartão de confirmação de inscrição do Enem

Foto: Agência Brasil

O Enem tem lista de aprovados

MITO. Diferentemente dos vestibulares, os candidatos não são aprovados. Após dois meses da aplicação das provas, o que o Ministério da Educação (MEC) divulga são as notas, as quais podem ser utilizadas para ingressar em universidades e para participar de programas como SiSU, ProUni e Fies.

As questões do Enem podem ter valores diferentes

VERDADE. No Exame Nacional do Ensino Médio, as questões possuem valores diferentes, no entanto, o número de pontos de cada uma não é divulgado. Por este motivo, duas pessoas que acertaram o mesmo número de questões podem ter uma nota diferente.

O certificado do Enem é válido para o sistema de cotas das universidades federais

MITO. A Lei de Cotas (Lei 12.711, de agosto de 2012) apenas é válida para os indivíduos que estudaram todo o ensino médio em escolas públicas.

É possível concluir o Ensino Fundamental e o Médio pelo Enem

VERDADE. Para isso, o candidato deve indicar a opção na inscrição e obter o mínimo de 450 pontos em cada uma das quatro áreas de conhecimento da prova objetiva e 500 na redação. O certificado é disponibilizado apenas para os estudantes com 18 anos completos até os dias das provas.

Eu posso calcular a nota do Enem

MITO. A pontuação obtida nas provas do Enem é calculada pelo Inep, com base na Teoria de Resposta ao Item (TRI). Este método leva em consideração alguns fatores como o número de questões corretas, o grau de dificuldade das questões que o participante acertou, a consistência das respostas, dentre outros.

É permitido utilizar qualquer caneta durante as provas

MITO. De acordo com o edital do exame nacional, é exigida a utilização de caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente.

A redação não precisa de título

VERDADE. O candidato não será eliminado caso não coloque título na redação. O texto dissertativo-argumentativo deve ter 30 linhas no máximo e, caso o participante coloque um título, ele ficará com uma linha a menos para o restante da redação.

A nota do Enem pode substituir o vestibular

VERDADE. Algumas instituições de ensino superior públicas e privadas adotam apenas o exame nacional como modalidade de ingresso.

Não é permitido ficar com o celular no bolso na hora da prova

VERDADE. O aparelho celular deve ser desligado, colocado no saco plástico oferecido pelo fiscal de sala e lacrado. Ele ficará embaixo da cadeira até o final da prova.


Reportar erro