Período Mesolítico – Características

Aprenda um pouco mais sobre o Mesolítico – período da era glacial na pré-história onde deu-se a transição do Paleolítico para o Neolítico


Este período consiste em uma transição do período paleolítico para o neolítico – que é quando termina a pré-história e inicia-se a história. Ele começou há aproximadamente 10.000 a.C. e está diretamente ligado a era glacial, que congelou boa parte do planeta terra e provocou alterações drásticas em todo o clima do planeta. Quando a temperatura mundial amenizou e o homem pôde começar a desenvolver a agricultura, então chega ao fim o período mesolítico e começa o neolítico.

Apesar de em alguns continentes a existência do período mesolítico ser bem visível, em outros sua presença é discutível, pois não houve uma transição muito forte entre os períodos paleolítico e neolítico, já que a evolução acontece em ritmos diferentes nos vários lugares do planeta. Com isso, o período mesolítico só é considerado existente em algumas regiões em que as mudanças de uma era para outra foram drásticas – as áreas que sofreram uma glaciação mais intensa.

O homem do mesolítico

Eles eram nômades estacionais, ou seja, no inverno refugiavam-se em cavernas e no verão saiam a fazer explorações e acampamentos às margens de rios. Foi nesta época que eles começaram a descobrir outras utilidades para o fogo, como cozinhar alimentos, iluminar a caverna e protegê-la de predadores e a principal delas: proteger do frio. Os relacionamentos e o convívio humano também foram mais desenvolvidos no período mesolítico. Eles começaram a fazer a divisão de tarefas por sexo: os homens eram responsáveis pela caça e proteção da comunidade, enquanto as mulheres organizavam as habitações e cuidavam das crianças.

Desenvolvimento da época

Os homens começaram a desenvolver armas de caça mais modernas e eficientes, que serviam também para proteger toda a comunidade dos predadores. Quando montavam acampamento perto dos rios no verão, eles construíam habitações com madeira, galhos de árvore e ramagens. Passaram a utilizar o rio não só como fonte de água mas também como fonte de alimento: aprenderam a pescar.

Eles também começaram a acostumar-se com uma vida menos nômade, aprenderam que os animais de grande porte gostavam de lugares altos (como montanhas), pois lá eles tinham uma maior possibilidade de alimentação. Assim, vários grupos fixaram moradia em cavernas localizadas no alto das montanhas, onde conseguiam passar um bom tempo sem sentir a necessidade de migrar. Aprenderam também a domesticar alguns animais, fazendo com que sempre tivessem por perto um animal e, quando não encontravam nenhum outro na caça, o matavam e comiam.

A arte mesolítica

Como em todas as outras épocas históricas, o homem tem o hábito de registrar em sua arte o seu modo de viver, o seu dia a dia e outras coisas referentes à realidade da época. Com isso, a arte começou a ganhar novas formas e conceitos, onde passaram a retratar muito mais as mudanças climáticas e os fatores socioeconômicos das sociedades primitivas da época. Mas apesar de apresentarem uma nova temática, a arte não apresentava uma nova técnica, e por isso ela é chamada de “cultura de transição”, pois apresenta características mistas de ambos os períodos antecessor e sucessor a ela.

Veja algumas imagens do Período Mesolítico

Imagem do período Mesolítico

Imagem: Reprodução

 

Fogo

No período Mesolítico os hominídeos descobriram que o fogo também servia para cozinhar e protegê-los dos predadores. |Imagem: Reprodução

 

Período Mesolítico - Hominídeo construindo sua habitação

Período Mesolítico – Hominídeo construindo sua habitação. | Imagem: Reprodução

 

Ferramentas de caça

Ferramentas de caça utilizadas na época. | Imagem: Reprodução


Reportar erro