Período Neolítico – Características

Por Nayla Georgia

O último período da pré-história é o Neolítico, que também é chamado de Nova Pedra e de Pedra Polida, teve duração de 10 a 6 mil anos a. C. e terminou com o surgimento da escrita, precedendo a Idade dos Metais. Nesse período, o homem ficou mais acomodado e até mesmo a natureza começou a ajudá-lo. Grandes revoluções aconteceram para o homem nesta época. Conheça as características mais relevantes nesse período.

Sedentarismo, agricultura e Estado

Período Neolítico

Imagem: Reprodução

O sedentarismo

Quando a produção de alimentos começou a ser feita pelo homem, a preocupação com a mobilidade em busca de comida já não era tão grande. Bastava encontrar um local com pouco risco de perigo, com a terra fértil e boa irrigação para as sementes encontradas darem seus frutos. Com essa comodidade, o sedentarismo começou a tomar conta do homem neolítico, que acabou, então, criando uma organização social, política e econômica que revolucionou a época.  Foi assim que surgiram as primeiras aldeias com casas de madeira, pedra e barro, cobertas por folhas secas, dando origem às primeiras vilas agrícolas, ainda que as terras fossem divididas pela comunidade. É importante ressaltar que mesmo com a agricultura e o sedentarismo, as outras táticas de sobrevivência não pararam de existir, tais como a caça e a pesca. Ainda com todo o desenvolvimento de alguns povoados, havia muitos povos que permaneceram nômades e saqueavam as aldeias para sobreviver.

O surgimento da agricultura dando origem ao Estado

Com o sedentarismo e o início da agricultura, uma sociedade precisou ser estruturada e organizada com tarefas específicas para cada membro do grupo. Cada um tinha direitos e deveres, pois o governo criava leis e exigia o cumprimento delas. Com essa organização, foi surgindo a propriedade privada e o Estado. O governo era centralizador, capaz de coordenar a melhor construção de obras de interesse comum, daí surgiu a autocracia, já que riqueza e poder se tornaram muito próximos. Esse era um tipo de governo bastante forte e que exigia certo grau de submissão da população às decisões de um único soberano com poderes ilimitados.

Curiosidades importantes sobre o Neolítico

  • Animais como cão, dromedário, cabra, boi etc. começaram a ser domesticados;
  • O trabalho foi dividido entre os homens e as mulheres, cuidando da segurança, caça e pesca, e plantando, colhendo e educando os filhos, respectivamente;
  • Surge o comércio e o dinheiro, representado por sementes, que facilitava a troca de materiais;
  • Peças de artesanato, roupas e outros utensílios também serviam como objetos de troca nas aldeias;
  • As peles de animais já não eram mais tão usadas como vestimenta, pois dificultavam a caça e outras atividades por conta de seu peso. As confecções passaram a ser de tecido de lã, linho e algodão, que eram mais leves e confortáveis;
  • A população acabou tendo um aumento com o início da agricultura e domesticação de animais;
  • As conquistas técnicas são ampliadas, como a produção da cerâmica.

Mudanças geológicas e suas influências diretas

Durante o período Neolítico, a crosta terrestre começa a aquecer, isso aumenta o nível dos mares e resulta em grandes alterações. Com o clima mais quente, rios e desertos começam a se formar, além de florestas tropicais e temperadas. Os animais de grande porte começam a desaparecer, dando origem à fauna conhecida no presente. A vegetação também sofre mudanças, contudo isso favorece a sobrevivência dos humanos que acabaram se aproveitando do que havia mudado para controlar gradativamente a natureza. É interessante perceber como o homem neolítico tem semelhanças com o homem contemporâneo, mesmo que de uma forma bastante aperfeiçoada e até diferente em algumas situações.

Imagens do período Neolítico

Arte rupestre - Período Neolítico

Arte rupestre nas grandes rochas. | Imagem: Reprodução

 

Casal do período da Pedra Polida

Afeto entre o casal do período da Pedra Polida. | Imagem: Reprodução