Planalto Central

O Planalto Central, além de ser usado para designar o espaço geográfico em que está localizado o Distrito Federal, denomina o grande platô –…


O Planalto Central, além de ser usado para designar o espaço geográfico em que está localizado o Distrito Federal, denomina o grande platô – parte elevada e plana de um terreno – que compreende alguns estados brasileiros, entre eles Goiás, Minas gerais, parcialmente por Tocantins, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Entre os fatores que contribuíram com o crescimento da região, está a construção da Capital Federal. A cidade de Brasília foi construída em meio a uma região vazia, e atualmente é uma das maiores metrópoles do país.

Planalto Central

Foto: Reprodução

 

Características

O planalto é caracterizado pela presença de terrenos cristalinos do Pré-Cambiano com alternações com os terrenos sedimentares do Paleozoico e do Mesozoico. Com diversas feições, as mais presentes são as chapadas como as dos Parecis, Guimarães, Pacaás Novos, Veadeiros e Espigão Mestre. O último é divisor de águas dos rios São Francisco e Tocantins. A Chapada dos Veadeiros é o ponto de maior altitude no planalto central variando de 600m a 1650m, e foi denominada pela Unesco no ano de 2001 como Patrimônio Mundial do Brasil.

Ainda na região do Planalto Central, estão localizadas as origens de alguns dos rios mais importantes do Brasil. Entre eles encontramos o Araguaia e o Tocantins, estes responsáveis pela constituição da maior bacia hidrográfica que é inteiramente brasileira. Além disso, abriga parte de cursos da bacia Amazônica e a bacia do São Francisco, também muito importantes.

Seu relevo e seu perfil hidrológico fazem com que a região tenha um potencial grande hidrelétrico que, mesmo em períodos de estiagem, tem capacidade para abastecer grande parte da região. Como exemplo, podemos citar a hidrelétrica de Tucuruí localizada no rio Tocantins, que é responsável pelo abastecimento da Serra dos Carajás e Albrás.

Fauna e flora do Planalto Central

Entre as principais características do planalto central, está a vegetação característica, que é o Cerrado. Lá encontramos espécies como Ypê do Cerrado, menor do que o comum, além da aroeira, orquídeas, copaíba e mais de três mil espécies diferentes. Entre os animais, encontramos aproximadamente 1.500 espécies, algumas, inclusive, em risco de extinção. O clima na região é quente e possui períodos de chuva e de seca.


Reportar erro