Polissemia

Entenda a importância da polissemia na linguagem portuguesa e saiba como identificá-la


É fato que, para ser bem sucedido atualmente, tamanha a competitividade entre os trabalhadores e exigências dos empregadores, é preciso ter diferencial. Muitos entendem diferencial por falar inglês, entender a língua alemã ou escrever em francês, e eles estão certos. No entanto, o que tem surpreendido os empregadores e o mercado de trabalho nacional é uma estatística assustadora: 38% dos alunos do Ensino Superior, que buscam estágios e vagas trainee não sabem ler e escrever plenamente a sua língua mãe, e 75% da população brasileira em geral não sabe ler direito. Os dados são alarmantes, mas cada um como indivíduo pode ter sua participação em alterar essa estatística. Certamente você está agora pensando consigo o quão bem escreve e lê, e que esses números não têm nenhuma relação com a sua pessoa, mas não é tão simples assim. Compreender normas gramaticais é importante e, com certeza, fará diferença em sua próxima prova na escola ou entrevista de trabalho. Nesse quesito, um tema que tem confundido muitas pessoas é a polissemia.

Polissemia

Foto: Reprodução

O que é Polissemia e exemplos

– Os garotos sujaram as mãos.
– A bola parou na mão santa do goleiro!
– Você tem mãos de fada para cozinhar.

As três frases acima possuem uma palavra idêntica em comum: mãos. Ela é idêntica na grafia, mas não se pode dizer o mesmo quanto ao seu significado. Trata-se de um setor da gramática normativa denominado de Semântica. Ela estuda os diferentes significados que uma mesma palavra pode apresentar, sempre de acordo com o contexto na qual a frase está inserida. O prefixo “poli” remete à multiplicidade de algo, enquanto “semia” remete significados, no caso da polissemia, significa a possibilidade de interpretar uma mesma palavra de várias maneiras.

Os vocábulos de mesma grafia escritos como exemplos acima podem ser analisados da seguinte forma: no primeiro caso, a palavra significa uma parte do corpo humano; na segunda e terceira frases, denota a eficiência e habilidade diante de um ato praticado.

Assim, pode-se definir a polissemia como o fato de que uma determinada expressão ou palavra possa adquirir um novo sentido além do original/literal, ou ainda vários sentidos.


Reportar erro