Por que nossa pele fica enrugada? Descubra

As pessoas com pele branca e que moram em regiões muito ensolaradas são as que primeiro sentem os efeitos do envelhecimento da pele


As rugas que acumulamos ao longo da vida são parte da nossa história. E não só no sentido filosófico, pois a nossa pele acumula, com o passar do tempo, o registro de como vivemos nos anos anteriores.

A partir dos 25 anos a nossa pele já começa a envelhecer. Aos 40, esse processo se acelera. Isso acontece, pois o colágeno natural começa a perder a elasticidade e deixa a pele fina e flácida. Ao contrário do que acontece na infância, quando as expressões não deixam marcas, na velhice, os movimentos vão aos poucos se transformando em rugas.

A morte das células epiteliais pode ser potencializada por fatores como sol, poluição, alimentação inadequada e estresse. As pessoas com pele branca e que moram em regiões muito ensolaradas são as que primeiro sentem os efeitos do envelhecimento da pele. Já os negros, por terem mais melanina, são mais resistentes à pele enrugada. A questão genética também é determinante.

Por que nossa pele fica enrugada? Descubra

Foto: depositphotos

O principal método para evitar o envelhecimento precoce da pele é usar protetor solar, óculos e ter uma alimentação saudável. Se, possível, usar sempre chapéu e não se expor ao sol entre às 10 e 15 horas.

Hábitos que antecipam o envelhecimento

Não é só a pele que pode enrugar e envelhecer. O nosso organismo como um todo começa a retroceder com o passar dos anos. Mas, o que podemos fazer para evitar isso? A resposta é simples: o envelhecimento não pode ser evitado. Porém, muitos hábitos de vida adiantam esse processo e é bom que você fique longe deles! Saiba quais são:

– Evite os doces: eles provocam a glicação, que é uma reação entre o carboidrato e proteína sem a “supervisão de uma enzima”. Isso é uma bomba para o organismo;
– Álcool em excesso: se consumido em grandes quantidades, o álcool causa desidratação, deixando a pele seca e sem elasticidade. Além de promover outras doenças;
– Energéticos: sem moderação, o energético pode prejudicar os dentes e causar distúrbios de sono. Ele também possui uma grande quantidade de açúcar e é muito prejudicial misturado com bebidas alcoólicas;
– Carne queimada: A parte queimada da carne é rica em hidrocarbonetos pró-inflamatórios que destroem o colágeno da pele. A carne vermelha também provoca radicais livres que aceleram o envelhecimento;
– Alimentos à base de trigo: eles são ricos em açúcar, que causam a glicação, responsável pela destruição do colágeno, proteína que forma os tecidos.


Reportar erro