Potencial elétrico

Chamamos de potencial elétrico a capacidade que um corpo energizado possui de realizar trabalho. Trata-se da medida associada ao nível de energia potencial de…


Chamamos de potencial elétrico a capacidade que um corpo energizado possui de realizar trabalho. Trata-se da medida associada ao nível de energia potencial de um determinado ponto de um campo elétrico.

História

O fenômeno do potencial elétrico foi descoberto por Alessandro Volta ao final do século XVIII com uma experiência que permitia sentir os efeitos da corrente elétrica. Para tanto, ele colocou uma colher embaixo da língua e um pedaço de folha de alumínio por cima. Quando ambos se juntam, é possível sentir um sabor diferente, amargo, que é produzido pela passagem das cargas elétricas pela língua.

Definição

Quando levamos em conta uma carga de prova q, e a colocamos no ponto P de um campo elétrico, podemos observar que ela irá adquirir uma energia associada ao tanto que está predisposta a entrar em movimento a partir do campo de interação com ela.

V, neste caso, é o potencial elétrico associado a uma determinada carga, de forma que é possível definir que:

potencial-eletrico

A unidade de potencial elétrico é dada por:

Potencial elétrico

Outro caso

Em alguns casos, no entanto, pode ser encontrada uma equação que traga uma definição melhor para o potencial elétrico, segundo as equações abaixo:

Potencial elétrico

Com isso, temos que:

Potencial elétrico

Sendo que q2 é o valor da descarga elétrica que gera o campo; k é a constante elétrica do meio; e d a distância entre as cargas.

Várias cargas

Quando temos várias cargas interagindo em um determinado campo E, podemos dizer que o potencial resultante, no ponto P, pode ser dado pela soma entre os potenciais parciais obtidos. É importante levar em consideração os respectivos sinais, pois cada potencial deve ser convertido em uma grandeza escalar.

Vresultante= V1 + V2 + … + Vn

Superfície equipotencial

Uma carga puntiforme isolada no espaço gerará um campo elétrico ao seu redor. Com isso, temos que quaisquer pontos que estejam a uma distância igual dessa carga terão o mesmo potencial elétrico. Neste contexto, surge uma superfície equipotencial esférica.

Estas podem ser encontradas ainda no campo elétrico uniforme cujas linhas de força são paralelas e equidistantes. As superfícies equipotenciais, neste caso, localizam-se de forma perpendicular às linhas de força com uma mesma distância do referencial.

O vetor campo elétrico sempre será perpendicular à superfície equipotencial, assim como a linha de força que o tangencia.


Reportar erro