Pronomes demonstrativos – Esse e este

Uma dúvida muito comum, não apenas entre os estudantes, mas entre pessoas de todas as idades, é: quando devemos usar esse ou este? Os…


Uma dúvida muito comum, não apenas entre os estudantes, mas entre pessoas de todas as idades, é: quando devemos usar esse ou este?

Os dois são pronomes demonstrativos que variam de acordo com o número ou gênero. A função dos pronomes é indicar a posição dos seres no tempo e espaço em relação às pessoas do discurso. São usados quando o falante deseja esclarecer a identidade de um referente, retomar conteúdo ou apresentá-lo, ou ainda quando quer localizar algo no tempo e espaço.

Pronomes demonstrativos – Esse e este

Foto: Reprodução

1ª Pessoa

Quando estamos falando em primeira pessoa, trata-se de quem está falando em um discurso. Nesse caso, devemos usar “este”, “esta” ou ainda “isto”, que são pronomes usados para demonstrar objetos que estão próximos ao falante, ou ainda, em relação ao tempo, é usado no presente. Confira os exemplos abaixo:

“Este mês preciso consultar um cardiologista”

“Estes sapatos que estou usando são novos”

“O que é isto que estou segurando?”

2ª Pessoa

Já quando falamos em segunda pessoa, estamos nos referindo à pessoa com quem se fala. Os pronomes usados para objetos que estão próximos da pessoa com quem se fala, ou ainda em relação ao passado ou futuro em questão de tempo, são “esse”, “essa” e “isso”. Para entender melhor, confira alguns exemplos abaixo:

“Onde comprou essas botas que está usando?”

“Esse mês vai ser de muita prosperidade!”

“Isso que você pegou é de comer?”

Como usar “esse” e “este”?

Os pronomes esse e este têm aplicações diferentes quando falamos ou escrevemos algo. Mas como saber quando usar cada um deles?

Esse

Devemos usar “esse” quando estamos nos referindo a um termo ou ideia, ou ainda uma oração que já foi mencionada anteriormente. Ficou confuso? Confira o exemplo:

“A Terra gira em torno do Sol. Esse movimento é conhecido como translação”. Nesse caso, o “esse” é usado para retomar o movimento da Terra girando em torno do sol, citado anteriormente na oração.

Outra aplicação, como já mencionamos anteriormente, é para referir-se a algo que está próximo do ouvinte. Por exemplo, quando falamos “Quando você comprou esse sapato”, estamos nos referindo ao sapato do ouvinte, questionando algo sobre o sapato que o pertence.

Este

E quando usamos “este”? Ele é usado quando vamos inserir uma nova ideia na frase, ainda não mencionada. Entenda melhor: “Este argumento de que os homens não choram é ultrapassado”. Nesse caso, o este está sendo usado para apresentar o argumento que é ultrapassado.

Além disso, como citamos anteriormente, pode ser usado para referir-se a algo que está próximo ao falante. Quando falamos “Este sapato me pertence”, estamos nos referindo a algo que está próximo de nós, e que nos pertence.


Reportar erro