Qual a origem da Black Friday? Descubra

A versão mais aceita é a que o nome teria surgido na década de 60, através de policiais, influenciando os comerciantes a adotarem o nome para promoções


Se tem uma coisa que os consumidores gostam mais do que uma promoção, esta coisa é uma promoção em grande escala, ou seja, que atinjam muitas lojas no mesmo dia e na mesma hora.

Este tipo de cenário ocorre uma vez ao ano no chamado “Black Friday” ou “sexta-feira negra”, em português. O evento que abaixa os preços dos produtos surgiu no Estados Unidos e depois de virar tradição no país, ganhou o mundo, inclusive as prateleiras brasileiras.

Para os norte-americanos a data sempre contempla a sexta-feira após o feriado de Ação de Graças. O Brasil também adotou a mesma tradição, assim como as empresas de outros países. Mas, apesar de famoso, o Black Friday não possui uma origem clara, como conta os especialistas.

Por esta razão, as pessoas ficam especulando histórias sobre a origem do nome e desta data. A versão mais aceita, porém, é a que o nome teria surgido na década de 60, através de policiais, influenciando os comerciantes a adotarem o nome para promoções que faziam na mesma época.

Qual a origem da Black Friday? Descubra

Foto: depositphotos

Origem do nome

O feriado de Ação de Graças é um dos mais festejados entre os norte-americanos, até mais que o próprio Natal. Assim, toda última quinta-feira do mês de novembro acontece o feriado e como é uma data que interfere intensivamente na vida dos estadunidenses, há muita movimentação nas cidades do país. E foi na Filadélfia, na década de 60, que o termo Black Friday foi utilizado pela primeira vez.

Os policiais desta cidade usaram o termo para designar a sexta-feira após o feriado, denotando a confusão que o trânsito ficava nesta época do ano. De acordo com eles, a sexta era tumultuosa nas ruas da cidade por se tratar de um feriado prolongado e por ocorrer no mesmo dia partidas de futebol.

Neste clima efervescente, os lojistas passaram a diminuir os preços dos produtos, desejando atingir um maior número de pessoas. Com o tempo passaram a adotar o termo dado pelos policiais, criando a tradição de toda sexta-feira após o dia de Ação de Graças os preços das lojas caírem e satisfazer os consumidores com preços mais baixos que o normal.

Outras especulações

Há ainda outras histórias que justificam o nome escolhido para a promoção, como a de que duas instituições financeiras teriam falido no mesmo dia, no final do século XIX. Segundo contam, a “quebra” dos bancos teria ocorrido, coincidentemente, em uma sexta-feira e por isso ela teria sido considerada negra.

Além desta hipótese, existe outra afirmando que o Black Friday foi sugerido por empresas para classificar a sexta-feira após o ferido de Ação de Graças, quando nenhum funcionário ia ao trabalho. Entre todas estas suposições, a mais aceita é dos policiais junto aos comerciantes. Mas, o que realmente importa é que o consumidor pode pagar um preço bem abaixo do esperado em pelo menos um dia do ano.


Reportar erro