Questões relacionadas à genética exigidas na prova do Enem

Veja os conteúdos de genética que ganham destaque dentro no Enem. Desde os relacionados ao DNA, até temas recentes como os alimentos transgênicos


Como você já deve saber, o Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) é composto por quatro provas, entre elas a de Ciência da Natureza e suas tecnologias.

Neste caderno, os assuntos abordados perpassam química, física e biologia. Esta última, por sua vez, pode levantar diversos questionamentos envolvendo temas diversos, mas um dos campeões nas questões é a genética.

Desde assuntos relacionados ao DNA, até temas recentes da genética como os alimentos transgênicos. Todos estes e outros conteúdos ganham destaque no Enem e quem estudá-los poderá garantir alguns pontos importantes nesta prova.

Questões relacionadas à genética exigidas na prova do Enem

Foto: depositphotos

Assuntos abordados no Enem sobre genética

Levando em consideração o histórico do Enem, as provas relacionadas à genética levam em conta o DNA e a estrutura deste ácido. Outro assunto bastante cobrado neste exame é o princípio da 1ª Lei de Mendel, ou seja, as probabilidades.

Por exemplo, a probabilidade de uma criança nascer com olhos claros, com uma determinada cor da pele ou ter um tipo sanguíneo dependendo dos pais. Desta maneira, é essencial saber sobre genes recessivos, dominantes etc.

Além destes assuntos já mencionados, vale uma atenção especial para assuntos mais recentes da biologia como a clonagem e os Organismos Geneticamente Transformados (OGM), mais conhecidos como transgênicos.

Questões relativas à genética

1. (UFRR 2016)

A figura representa o heredograma de uma família de portadores de albinismo tipo I, que na espécie humana é condicionado por um alelo recessivo. As pessoas com o genótipo aa são albinas com pele, cabelo e olhos muito claros, em virtude da ausência do pigmento melanina.

De acordo com o heredograma apresentado, qual a probabilidade do filho do casal 3.I e 3.II, o indivíduo representado como 4.V, ser albino.

a) 100%
b) 50%
c) 75%
d) 25%
e) 0%
2) (Faceres Medicina 2015/1) A doação de sangue pode salvar vidas, mas para isso os tipos sanguíneos devem ser identificados, obedecendo as classificações conhecidas dos Sistemas ABO e Rh. Assim, o filho de um casal, cuja mãe é A positiva e o pai B negativo, ambos homozigotos para os dois caráteres, poderia doar sangue para:
a) A positivo
b) B negativo
c) O positivo
d) AB positivo
e) AB negativo
3) (UERJ 2014/1)
Considere, agora, a adição de um átomo X na oxidação da guanina, conforme esquematizado na equação química:
Nessa equação, o átomo correspondente a X é simbolizado por:
a) C
b) H
c) N
d) O

4)Em um laboratório de genética experimental, observou-se que determinada bactéria continha um gene que conferia resistência a pragas específicas de plantas. Em vista disso, os pesquisadores procederam de acordo com a figura.

Do ponto de vista biotecnológico, como a planta representada na figura é classificada?

a) Clone.
b) Híbrida.
c) Mutante.
d) Adaptada.
e) Transgênica.

Respostas

1) D, isto porque tanto o pai (I) como a mãe (II) possui os genes Aa, tendo em vista que cada um deles já possui algum dos pais com genes recessivos. Ao fazer a combinação entre Aa X Aa, as possibilidades de filhos são AA (25%), Aa (50%) ou aa (25%).
2) D, como a mãe é A+ homozigoto (AA) e o pai B- homozigoto (BB), eles só pode doar um tipo de gene para o filho, formando portanto AB. Sabe-se que é positivo, pois ele é o gene dominante ao negativo (recessivo).
3) D, a própria questão já demonstra textualmente quando fala em uma guanina oxidada, ou seja, com Oxigênio (O).
4) E, tendo em vista que a planta incorpora e passa a expressar o gene original de outra espécie.

Reportar erro