Regência nominal

A regência estuda as relações de dependência que as palavras mantêm na frase. De acordo com o gramático Domingos Paschoal Cegalla, regência é o…


A regência estuda as relações de dependência que as palavras mantêm na frase. De acordo com o gramático Domingos Paschoal Cegalla, regência é o modo pelo qual um termo rege outro que o complementa.

A regência pode ser verbal ou nominal. Neste artigo, abordaremos a regência nominal, que ocorre quando o termo regente é um nome (substantivos, advérbios e adjetivos).

Definição

A regência nominal é a área da gramática que se ocupa do estudo da relação sintática que existe entre um substantivo, adjetivo ou advérbio transitivo e o seu respectivo complemento nominal. Os termos regidos prendem-se aos regentes por meio das preposições, que têm a função de integrar o sentido da palavra completada, tornando a semântica da oração mais rica. 

Substantivos e adjetivos com mais de uma regência

Regência nominal

Foto: depositphotos

Domingos Paschoal Cegalla afirma que certos substantivos e adjetivos admitem mais de uma regência. A escolha da preposição deve obedecer à regra da clareza e da eufonia (bom som).

Confira alguns exemplos a seguir, retirados da “Novíssima Gramática da Língua Portuguesa”:

-Tenha amor a seus livros.
-“Com efeito, o amor do próximo era um obstáculo grave à nova instituição.” (Machado de Assis)
-“Marcela morria de amores pelo Xavier.” (Machado de Assis)
-“Olhos ansiosos de novas paisagens.” (Luís Jardim)
-“Estava ansioso por vê-la.” (Camilo Castelo Branco)
-“Estou particularmente ansioso para ler qualquer história…” (Érico Veríssimo)

Relação de substantivos e adjetivos

A “Novíssima Gramática da Língua Portuguesa”, de Cegalla, nos apresenta uma pequena lista de substantivos e adjetivos acompanhados de suas preposições mais usuais. Confira a relação a seguir:

Acessível a Aliado a, com
Afável com, para com Análogo a
Afeição a, por Antipatia a,contra, por
Aflito com, por Apto a, para
Alheio a, de Atencioso com, para com
Atentatório a, de Imune a, de
Aversão a, para, por Indulgente com, para com
Avesso a Inerente a
Coerente com Junto a, de
Compaixão de, para com, por Lento em
Compatível com Pasmado de
Conforme a, com Passível de
Constituído com, de, por Peculiar a
Contente com, de, em, por Pendente de
Contíguo a Preferível a
Cruel com, para, para com Propício a
Curioso de, por Próximo a, de
Desgostoso com, de Rente a
Desprezo a, de, por Residente em
Devoção a, para com, por Respeito a, com, de, para com, por
Devoto a, de Simpatia a, para com, por
Dúvida acerca de, de, em, sobre Situado a, em, entre
Empenho de, em, por Solidário com
Fácil a, de, para Suspeito a, de
Falho de, em Último a, de, em
Feliz com, de, em, por União a, com, entre
Fértil de, em Versado em
Hostil a, para com Vizinho a, com, de

 

 

*Débora Silva é graduada em Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e suas Literaturas).


Informar erro