Saiba quantas vértebras tem o corpo humano

As vértebras são os ossos que formam a coluna vertebral. A estrutura estende-se do crânio até a pelve e é o que dá movimento e sustentação ao corpo


As vértebras são os ossos que formam a coluna vertebral, também conhecida como espinha dorsal. A estrutura bastante flexível estende-se do crânio até a pelve e é o que dá movimento e sustentação ao corpo.

A coluna vertebral é a responsável por dois quintos do peso do corpo humano. Ela é formada por 24 vértebras, sacro, cóccix, cabeça, esterno, costelas e esqueleto axial.

Uma pessoa já adulta possui 26 ossos e 33 vértebras. 7 delas são as vértebras cervicais, 12 torácicas, 5 vértebras na lombar, 1 sacro, com 5 vértebras fusionadas e 1 cóccix com 4 vértebras fusionadas. Praticamente todas as vértebras se movimentam. Somente duas não são móveis: o cóccix e o sacro.

Saiba quantas vértebras tem o corpo humano

Foto: depositphotos

Para proporcionar a absorção de impactos e a movimentação, existem entre as vértebras discos que formam articulações, que são denominados “discos intervertebrais”. Eles ficam localizados nas aberturas que separam cada par de vértebras.

As vértebras cervicais são as responsáveis por realizar o movimento da conexão das vértebras C1 (Atlas) e C2 (Axis). A primeira permite os movimentos de flexão e extensão e a capacidade de aguentar peso. A segunda é o que possibilita o movimento de rotação da cabeça.

As vértebras torácicas ficam inferiormente às vértebras cervicais e em cima das vértebras lombares. Elas articulam com as costelas.

As vértebras lombares estão localizadas depois da região torácica e antes do sacro. Elas são as maiores porque são as responsáveis por sustentarem maior pressão e peso do corpo. São encontradas cinco vértebras lombares, que levam os nomes de L1, L2, L3, L4 e L5.

Existem 4 vértebra coccígeas que são fundidas formando o osso chamado cóccix. Ela se articula com o sacro pelo disco intervertebral e pelos ligamentos interósseo, sacro-coccígeos laterais, sacro-coccígeo, anterior e sacro-coccígeo posterior.


Reportar erro