Segmentação

O termo, em biologia, é usado para denominar um processo da embriologia em que o corpo de um animal passa durante o seu desenvolvimento.…


O termo, em biologia, é usado para denominar um processo da embriologia em que o corpo de um animal passa durante o seu desenvolvimento. Esse processo tem início quando o zigoto – uma célula única – começa a dividir-se em várias células para formar o embrião. As divisões mitóticas desse zigoto são chamadas de clivagem – fase em que forma duas células-filhas chamadas blastômeros. No começo, as células-filha são iguais, mas começam a tornar-se diferentes para formar, posteriormente, tecidos e órgãos diversos do indivíduo. A segmentação normalmente passa por duas fases, apesar de existirem diferentes tipos desse processo. Confira no tópico a seguir a explicação sobre suas fases.

As fases da segmentação

Como falamos acima, existem diferentes tipos de segmentação, mas que, normalmente, passam por duas fases. A mórula e a blástula.

Durante a fase mórula, é formado um maciço celular com poucas células, enquanto na blástula há o aumento do número de células e a formação de uma cavidade interna que é cheia de líquido. Essa cavidade recebe o nome de blastocele, e o líquido presente nela é sintetizado pelas células que o delimitam.

As fases da segmentação

Foto: Só Biologia | Reprodução

Existem dois tipos básicos de segmentação que serão explicados a seguir.

Segmentação holoblástica

Esse tipo de segmentação acontece nos alécitos, isolécitos e heterolécitos. Subdividida em três tipos, a segmentação holoblástica é dividida de acordo com o tamanho das células que se formam a partir da terceira clivagem.

Segmentação holoblástica igual

Nesse tipo, se formam com a terceira clivagem, oito blastômeros iguais. Ela ocorre nos ovos alécitos e em alguns oligolécitos.

Isolécito

Foto: Reprodução

Segmentação holobástica desigual

Nesse caso, formam-se a partir da terceira clivagem os blastômeros de tamanhos diferentes, sendo quatro menores denominados micrômeros e quatro maiores, denominados macrômeros. Esse tipo de segmentação acontece em todos os ovos heterolécitos e em alguns ovos oligolécitos.

Heterolécito

Foto: Reprodução

Segmentação holoblástica subigual

Essa segmentação é desigual e nela os blastômeros não diferem muito entre si com relação ao tamanho. Esse tipo acontece em alguns ovos isolécitos.

Oligolécito

Foto: Reprodução

Segmentação meroblástica

Com a distribuição diferente do vitelo, existem, consequentemente, dois tipos básicos de segmentação meroblástica que serão explicadas nos tópicos abaixo.

Segmentação meroblástica discoidal

Quando falamos em segmentação meroblástica discoidal, estamos falando de uma segmentação em que ocorrem divisões somente na região da cicatrícula – célula sem vitelo -, formando-se um disco de células sobre a massa do vitelo. Essa segmentação acontece nos ovos telócitos.

Telolécito

Foto: Reprodução

Segmentação meroblástica superficial

Nesse tipo de segmentação, as células embrionárias ficam dispostas na superfície do ovo. Isso acontece com os ovos centrolécitos.

Telolécito

Foto: Reprodução


Reportar erro