Significado do simbolismo da bandeira do Belize

A bandeira do país, localizado na América Central, vem sendo usada desde 21 de setembro de 1981, data que marca a sua Independência


Certas bandeiras que representam os países mundo a fora, chamam atenção pelos elementos que as compõem. Porém, esses elementos não estão colocados ali por caso, assim como as cores, cada um deles tem um significado específico. A bandeira de Belize é um exemplo claro disso.

Ela vem sendo usada desde 21 de setembro de 1981, data que marca a sua Independência. O pavilhão é composto por três faixas horizontais, sendo duas na cor vermelha nas extremidades e uma azul central, que ocupa quase toda a extensão da bandeira.

Bem no meio dessa faixa azul tem um brasão de armas, na forma de círculo, preenchido por vários elementos: guirlanda verde, uma árvore de mogno, dois lenhadores, um escudo, entre outros. Cada um deles possuem um significado, que você vai poder conhecer a partir de agora.

significado-e-simbolismo-da-bandeira-do-belize

Foto: Pixabay

Detalhando a bandeira do Belize

As cores delimitadas pelas faixas horizontais carregam os seguintes significados: as de cor vermelha representam o sangue dos maias que os colonizadores sugaram. Já a faixa central, na cor azul escura, representa os recifes de Belize.

O brasão é uma figura que se destaca, com elementos que possuem muitos significados. Ele encarna um aspecto importante da história de Belize, como a indústria de mogno, por exemplo, que foi a base da economia, nos séculos 18 e 19.

Localizado bem no centro, está um escudo. Ele é dividido em três seções por uma linha vertical e um “V” invertido. A base representa um navio de velas enfunadas sobre as ondas do mar.

As duas seções superiores mostram ferramentas usadas na indústria madeireira usadas na exploração do mogno em Belize:  uma pá e um machado de quadratura na seção direita e uma serra e um machado batendo na seção esquerda.

Apoiado no escudo estão representado a figura de dois lenhadores, um na direita segurando um machado batendo por cima do ombro em sua mão direita, e outro à esquerda segurando uma pá ao ombro em sua mão esquerda.

Sobre o escudo sob uma árvore de mogno, que representa o comércio, já que a exploração da árvore foi a espinha dorsal da economia da colônia. Logo na parte de baixo do escudo aparece o lema do país, escrito em rolagem. O significado dele é: “Eu prosperar na sombra” ou “sob a sombra da árvore de mogno que prosperar”. Por último, uma grinalda de folhas circunda todo o brasão.


Reportar erro