Significado e simbolismo por trás da bandeira da Guatemala

A Guatemala é um país que fica entre os Oceanos Pacífico e Atlântico e esse fato é representado no maior símbolo do lugar; a sua bandeira


A Guatemala é um país da América Central com mais de 15,5 milhões de habitantes. Ele fica entre o Oceano Pacífico e o Oceano Atlântico e esse fato é representado no maior símbolo do lugar; a sua bandeira.

A bandeira da Guatemala é composta pelas cores azul, branco e um brasão no centro. As duas faixas laterais na bandeira ficam na vertical e são de coloração azul, remetendo dois aos oceanos que banham o país.

A faixa do centro também é desenhada da posição vertical e é de cor branca, simbolizando o fato da Guatemala ficar entre esses dois oceanos. Ele também remete à paz e a pureza. Dentro dessa faixa fica o brasão.

Significado e simbolismo por trás da bandeira da Guatemala

Foto: depositphotos

O brasão que fica no centro da bandeira é composto por: ramos de oliveira, que simbolizam vitória; duas espadas, representando a honra; duas espingardas que indicam a predisposição do país para defender o território sempre que for necessário; uma ave que remete à vitória e um pergaminho escrito “Libertad 15 de septiembre de 1821”, data onde a América Central conseguiu a independência da Espanha.

A figura simbólica foi concebida pelo artista suíço, Johan Batista Frener, que viveu no país de 1854 até 1897.

Mas de 1820 a 1871, a bandeira da Guatemala era outra. Ela possuía sete faixas estreitas na horizontal com as cores de vermelho, branco e azul, no topo e ao fundo. Já no centro ficava a faixa mais larga de tom amarelado.


Reportar erro