Tarifa Alves Branco

Apesar de muitos acreditarem que a economia brasileira somente vive problemas nos dias atuais, este é um problema que vem se arrastando desde antes…


Apesar de muitos acreditarem que a economia brasileira somente vive problemas nos dias atuais, este é um problema que vem se arrastando desde antes da independência do país. As mercadorias de origem inglesa, devido ao tratado comercial assinado no ano de 1810 entre Brasil e Inglaterra, passaram a entrar mais facilmente no país, fato que causou uma certa dependência do Brasil quanto à indústria britânica. Essa mesma medida foi responsável ainda por impedir a formação de uma produção industrial brasileira.

Tarifa Alves Branco

Foto: Reprodução | Brasil Escola

O acúmulo de gastos

Na primeira metade do século XIX, a política alfandegária do Brasil sofreu alterações graças aos problemas financeiros que o país já enfrentava: grandes eram os gastos na contenção de revoltas, nas dificuldades do setor agrícola e nas indenizações pagas para que a independência do país fosse reconhecida. Isso fez com que a taxa alfandegária sofresse algumas alterações.

Manuel Alves Branco

De 1828 a 1844 o Brasil tinha taxas de importação no valor de 15% sobre quaisquer produtos que entrassem no país. Mas a partir do decreto de Manuel Alves Branco, ministro da Fazenda, todas as taxas foram revisadas alterando dessa forma o valor dos impostos cobrados sobre milhares de artigos importados.

Era muito simples: quando um produto não tinha concorrentes semelhantes no Brasil, a taxa era de 30% sobre o valor do produto e quando houvesse produtos semelhantes, a mercadoria poderia sofrer até 60% de seu valor em impostos.

A Tarifa Alves Branco, após algum tempo, acabou contribuindo para que a indústria brasileira se desenvolvesse fortemente, mas não de forma sólida.

Objetivos da tarifa

O principal objetivo de Manuel Alves Branco ao desenvolver a tarifa, era equilibrar a balança comercial brasileira. A ideia era fazer com que o império conseguisse arrecadar mais dinheiro do que era gasto.

Apesar de não ser a intenção em um primeiro momento, a criação dessa tarifa acabou funcionando como um incentivo para o desenvolvimento da indústria brasileira. Foi com a existência dessa tarifa, também, que o Barão de Mauá encontrou as condições necessárias para seus investimentos em inovações tecnológicas e comerciais.

Tarifa Alves Branco

A tarifa foi implementada no ano de 12 de agosto de 1844 e recebeu o nome de seu criador. Os ingleses, após a implementação, mostraram-se muito insatisfeitos com essas alterações, mas não apenas eles: os consumidores mais ricos e os importadores brasileiros também sofreram com a Tarifa Alves Branco.

Essa, no entanto, continuou em vigor até a década de 1860. Neste período, o governo não conseguiu manter-se firme contra a pressão dos insatisfeitos com sua inserção.


Reportar erro