Tecido adiposo

O tecido adiposo é formado por uma variedade especial de células do tecido conjuntivo, no qual predominam os adipócitos, um tipo de célula que…


O tecido adiposo é formado por uma variedade especial de células do tecido conjuntivo, no qual predominam os adipócitos, um tipo de célula que acumula lipídios (gorduras) em seu interior, no citoplasma. Originário dos lipoblastos, o tecido adiposo está localizado, principalmente, embaixo da pele, na denominada hipoderme. Este tecido corresponde a 20-25% do peso corporal nas mulheres e 15-20% dos homens, considerando-se o indivíduo dentro do peso normal.

Tecido adiposo

Foto: Reprodução

Funções do tecido adiposo

O tecido adiposo, além de modelar a superfície do corpo, ajuda no isolamento térmico do organismo (auxiliando na manutenção da temperatura do corpo) e possui a importante função de servir como uma reserva energética do corpo. Os triglicerídios acumulados nos adipócitos são utilizados para fornecer energia ao organismo nos intervalos entre as refeições. O tecido adiposo também atua como amortecedor, protegendo o organismo contra choques mecânicos.

Os tipos de tecido adiposo

O tecido adiposo é classificado levando-se em conta critérios como a pigmentação da gordura armazenada e a forma de organização. Cada uma das variedades apresenta diferenças na fisiologia, distribuição no corpo, estrutura e patologia.

Tecido adiposo unilocular

O nome deste tipo de tecido adiposo dá-se devido ao fato de que as suas células apresentam uma gotícula de gordura predominante, que preenche quase todo o seu citoplasma. Bastante irrigado por vasos sanguíneos, este tipo de tecido também é conhecido como tecido adiposo comum ou amarelo, embora sua cor varie entre o branco e o amarelo-escuro. É o tecido que forma o panículo adiposo, uma camada de gordura disposta sob a pele, que absorve impactos e atua como isolante térmico. Nos recém-nascidos, este tipo de tecido adiposo é de espessura uniforme; nos adultos, a distribuição é regulada por hormônios, e o acúmulo se dá em determinadas posições.

Tecido adiposo multilocular

Com a função principal de gerar calor, o tecido adiposo multilocular é formado por células que possuem vários vacúolos (as gotículas) de gordura e várias mitocôndrias. Os animais hibernantes, como os ursos polares, possuem grande quantidade deste tecido, já que o calor produzido manterá a temperatura do corpo durante os longos períodos de frio. Nos recém-nascidos, este tipo de tecido também é abundante e muito importante para protegê-los do frio.      Apresenta cor castanha devido à abundante vascularização e ao grande número de mitocôndrias.


Reportar erro