Temas sobre a História do Brasil no Enem

Conheça quais são os assuntos sobre história do Brasil que costumam aparecer com mais frequência na prova do Enem


A matéria de história muitas vezes está associada ao famoso “decoreba”. Mas antes de se apegar a coisas como datas e nomes, o mais importante é compreender o assunto.

No Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) as perguntas costumam ser contextualizadas. O que conta, na verdade, na hora da prova é a capacidade do aluno em articular e problematizar os conceitos históricos.

A prova de história está dentro do caderno de Ciências Humanas e Suas Tecnologias. Nela caem questões de história geral e do Brasil.

Temas sobre a História do Brasil no Enem

Foto: depositphotos

Conheça quais são os assuntos sobre história do Brasil que costumam aparecer sempre na prova do Enem.

Assuntos de história do Brasil do Enem

1. A era da escravidão

As últimas avaliações do Enem trouxeram várias questões envolvendo assuntos relacionados à escravidão, como o tráfico escravista, abolição da crise do império, a situação do negro na época do Brasil colônia, como a questão da escravidão influenciou a desigualdade social, entre outros.

2. Brasil república

O período que ficou conhecido por República Velha vai de 1889 a 1930. Os assuntos dentro dele são: A república da Espada, a Constituição de 1891, república das oligarquias, política do café-com-leite, coronelismo e o golpe de 1930.

3. Era indígena

A invasão dos portugueses no Brasil, relação deles com os indígenas, missões jesuítas na América, características da população, crenças, cultura, conflitos, entre outros são questões que costumam aparecer sempre no exame.

4. Era Vargas

As questões que envolvem a época do ex-presidente Getúlio Vargas costumam aparecer mais de uma vez na avaliação. O golpe de 1930, Estado Novo e as mudanças na economia e na sociedade brasileira na era Vargas são assuntos sempre lembrados.

5. Ditadura Militar

A ditadura militar é um dos temas que dificilmente será esquecido no Enem. Lembrando que é preciso prestar sempre muita atenção no contexto atual que estamos vivendo para enriquecer as análises na avaliação.


Reportar erro