Vitaminas – Classificação e alimentos que são boas fontes

Conheça as funções, alimentos que são fontes e a classificação das vitaminas, que são compostos orgânicos muito importantes para nosso organismo


As vitaminas são compostos orgânicos nutritivos que são necessários para o bom funcionamento do organismo. Quando o corpo não está suprido de vitaminas, poderá ter grandes complicações, mas também podem haver problemas caso tenha vitaminas em excesso no sistema, chamado hipervitaminose. Algumas vitaminas são guardadas no organismo, porém outras são eliminadas rapidamente, portanto é necessário repor diariamente. Entre as funções desses compostos orgânicos está a capacidade de atuar como cofatores na ativação de reações enzimáticas. É possível adquirir vitaminas através de uma alimentação variada em compostos orgânicos e naturais.

Vitaminas - Classificação e alimentos que são boas fontes

Imagem: Reprodução

Classificação das vitaminas

De acordo com a solubilidade é possível classificar as vitaminas em dois grupos:

Vitaminas lipossolúveis

Aquelas que se dissolvem em gorduras. São acumuladas e absorvidas juntamente com os lipídios. Exemplos: vitaminas A, D, E e K.

Vitaminas hidrossolúveis

As que se dissolvem em água. Não são acumuladas no organismo e requerem ingestão diária para serem respostas, pois são eliminadas na urina. Exemplos: vitaminas do complexo B e vitamina C.

Principais alimentos que são fontes e resultados de sua carência

Lipossolúveis

  • A (Retinol) – Principalmente encontrada nos vegetais verdes e amarelos, gema de ovo, leite e óleo de fígado de peixes. Sua carência pode causar cegueira noturna, ressecamento da córnea, pele seca e escamosa, diminuição de resistência a infecções.
  • D (Calciferol) – Principalmente encontrada na gema de ovo e no óleo de fígado de peixes. Para ser ativada necessita de contato da pele com os raios solares. Sua carência resulta em raquitismo.
  • E (Alfatocoferol) – Encontrada nos vegetais verdes, óleos vegetais, cereais e fígado. Sua carência pode causar anemia.
  • K (Naftoquinoma) – Encontra-se nos vegetais verdes e é produzida pelas bactérias no intestino. Quando há carência a coagulação sanguínea fica enfraquecida e pode levar a casos de hemorragia.

Hidrossolúveis

  • B1 (Tiamina) – Principalmente encontrada em alimentos como cereais, legumes, nozes e fígado bovino. Sua carência pode causar fraqueza e inflamação nos nervos, doença chamada de beribéri.
  • B2 (Riboflavina) – Encontrada no leite e derivados, hortaliças e ovo. Sua carência causa deficiências na visão e a pele fica rachada.
  • B3 (Niacina) – Poderá achar na carne, careais, peixes e levedura. A carência dessa vitamina causa pelagra.
  • B5 (Ácido Pantotênico) – É encontrada na carne, legumes, nozes, ovos, cereais e levedura. Sua carência causa lesões no sistema digestivo e nervoso.
  • B6 (Piridoxina) – Encontra-se na gema de ovo e fígado bovino. Estar carente dessa vitamina causa anemia e convulsões.
  • B9 (Ácido fólico) – Encontrada no fígado bovino, leite, cereais, levedura e é produzida por bactérias no intestino. Quando se está carente dessa vitamina pode-se ter anemia.
  • B12 (Cianocobalamina) – Principalmente encontrada no fígado bovino, leite, carnes, ovos e ostras. Sua carência causa lesões no sistema nervoso e anemia.
  • C (Ácido ascórbico) – Encontrada nas frutas cítricas, tomate, acerola, camu-camu, batata e hortaliças. Sua carência é causa para o escorbuto, gengivite e hemorragias nasais.
  • H (Biotina) – É principalmente encontrada em alimentos como arroz integral, legumes, leite, ovos, nozes e levedura. Atua no metabolismo das proteínas e carboidratos, ainda age na formação da pele.

Reportar erro